Xadrez/Estratégia: diferenças entre revisões

2 538 bytes adicionados ,  21 de novembro de 2008
adição (tradução de en:Chess/Strategy#Strategy Basics fundida com o primeiro parágrafo existente)
m (+isbn)
(adição (tradução de en:Chess/Strategy#Strategy Basics fundida com o primeiro parágrafo existente))
== PlanejamentoO básico da estrégia ==
Estratégia é o plano que abrange todo o jogo. Enxadristas têm que ter um plano. Os planos podem mudar, mas não faça um movimento sem primeiro ter uma estratégia em mente!
 
Você pode optar por várias estratégias diferentes, dependendo do tipo de oponente que você está enfrentando, e o tipo de jogador que você é. A estratégia é o plano seguido por um jogador, e abrange todo o jogo. A estratégia começa com a abertura, continua durante o meio-jogo, e vai até o final de jogo. Enxadristas têm que ter um plano e, mesmo que eles possam mudar, não devem ser feitos movimentos sem primeiro ter uma estratégia em mente!
O plano de jogo certo depende em parte do estágio da partida: abertura, meio do jogo ou final do jogo. Depois da abertura, quando a maioria das peças moveram-se das casas iniciais para o centro do jogo, vem o meio do jogo, que dura até que um dos jogadores leve xeque-mate ou até que a maioria das peças esteja trocada. O final do jogo muitas vezes gira em torno da promoção de um peão à dama.
 
Os jogos são considerados abertos se os peões centrais foram capturados, e fechados quando não ocorrem tais capturas. Jogos semi-fechados são, então, aqueles em que alguns dos peões centrais foram capturados. Os jogos recebem a denominação de abertos ou fechados porque existe uma maior mobilidade para as peças de cada um em um jogo aberto, e esse grau de abertura normalmente determina a complexidade do jogo. Especificamente, reconhecer quando um jogo é aberto ou fechado é importante porque os jogos fechados são mais propícios para os cavalos, enquanto os jogos abertos são mais adequados às peças de maior alcance, como bispos, damas e torres.
 
OPara decidir qual o plano de jogo certomais dependeadequado emé partepreciso doconsiderar o estágio de desenvolvimento da partida: abertura, meio do jogo ou final do jogo. Depois da abertura, quando a maioria das peças moveram-se das casas iniciais para o centro do jogotabuleiro, vem o meio do jogo, que dura até que um dos jogadores leve xeque-mate ou até que a maioria das peças esteja trocada. A linha que separa o meio do jogo de seu final geralmente não é muito nítida. O final do jogo muitasalgumas vezes gira em torno da promoção de um peão à dama.
 
Aberturas estratégicas: Se você optar por um jogo mais longo e teórico, você pode preferir uma abertura complexa como o Gambito da Dama, a Ruy Lopez, ou a Inglesa. Nestes tipos de jogos, principalmente quando você está jogando as variações fechadas, você provavelmente irá se aventurar em posições fechadas onde manter ocupar uma boa posição predomina em relação a manobras táticas. Em tais situações, você pode concentrar-se em elementos estratégicos como controlar filas, criar uma boa estrutura de peões, e outras considerações relacionadas a desenvolvimentos de longo alcance.
 
Aberturas táticas: Se você estiver interessado em aguçar o seu jogo tático e focar sobre as combinações, você pode optar por uma abertura mais táctica. Algumas destas aberturas são a Defesa Siciliana (especialmente ''Dragon'' e as antigas linhas principais de Najdorf), a Defesa Grünfeld, e as antigas variações da Defesa dos Dois Cavalos.
 
Você pode sempre simplificar o jogo dando início às trocas, e ele se tornará mais computacional. Se você não quiser que isso aconteça, você precisa ser cauteloso e conservador.
 
É sempre importante você estar pensando em quantas casas uma peça controla (ou seja, podem atacar), e quais casas estão controladas. No início você deve ter por objetivo controlar o centro do tabuleiro. Conforme o jogo avança você pode querer atacar um flanco, especialmente se o Rei foi rocado para aquele lado.
 
== Meio jogo ==
 
Freqüentemente é no meio do jogo que uma partida é ganha ou perdida — e onde planejar é especialmente importante! Escolha um bom plano e jogue de acordo com ele. Use táticas para ganhar peões, peças ou até para dar xeque-mate no rei do seu oponente.
 
* Ted Nottingham, Al Lawrence & Bob Wade. Xadrez - táticas e estratégias dos campeões. Rio de Janeiro, Ed. Ciência Moderna, 2001.
 
{{AutoCat}}
[[Categoria:Xadrez|{{SUBPAGENAME}}]]
 
[[en:Chess/Strategy]]