Medicina geral e familiar/Medicina baseada na evidência: diferenças entre revisões

[edição não verificada][edição não verificada]
==Tipos de estudos==
 
'''Estudos analíticos'''
 
'''Estudos descritivosObservacionais'''
 
 
'''Estudos Experimentais'''
Os estudos epidemiológicos dizem-se '''analíticos''' quando têm como propósito o estabelecimento de relação entre causas e efeitos ou a avaliação de procedimentos terapêuticos ou preventivos, testando dessa forma hipóteses.
 
Eles são sempre antecedidos por estudos '''descritivos''' os quais não testam hipóteses, mas são a base para a formulação destas. Os estudos descritivos têm por objectivo determinar a distribuição de doenças ou condições relacionadas à saúde, segundo o tempo, o lugar e/ou as características dos indivíduos. Ou seja, responder à pergunta: quando, onde e quem adoece?
 
===Estudos descritivos===
 
 
'''===Estudos analíticos'''===
Nos '''estudos longitudinais''' existem dois tipos:
 
'''Estudos de coorte'''
constituído por indivíduos semelhantes, mas sem a doença. As características (possíveis causas da doença) dos indivíduos de cada grupo são levantadas e verificadas as frequências delas nos dois grupos. Este desenho é retrospectivo, pois doença e exposição já aconteceram no momento do estudo. A direcção do estudo é sempre no sentido Doença – Exposição.
Utilidade: estudo de doenças pouco frequentes ou com grandes períodos de latência; calcular o “Odds ratio” ou “Razão de Probabilidades”. Trata-se de uma medida de associação, cujo objectivo é a comparação da frequência de exposição nos casos com a frequência de exposição nos controlos. Por exemplo, compara a frequência dos hábitos tabágicos dos “casos” com a frequência dos hábitos tabágicos dos “controlos”.
 
 
 
 
Os estudos epidemiológicos dizem-se '''analíticos''' quando têm como propósito o estabelecimento de relação entre causas e efeitos ou a avaliação de procedimentos terapêuticos ou preventivos, testando dessa forma hipóteses.
 
Eles são sempre antecedidos por estudos '''descritivos''' os quais não testam hipóteses, mas são a base para a formulação destas. Os estudos descritivos têm por objectivo determinar a distribuição de doenças ou condições relacionadas à saúde, segundo o tempo, o lugar e/ou as características dos indivíduos. Ou seja, responder à pergunta: quando, onde e quem adoece?
 
 
 
 
 
 
Utilizador anónimo