Charuto/História: diferenças entre revisões

100 bytes adicionados ,  18h04min de 2 de janeiro de 2010
Troquei uma foto.
(Troquei uma foto.)
(Troquei uma foto.)
 
O charuto no formato que conhecemos hoje foi confeccionado em 1726. Antes disso, consumia-se o tabaco principalmente utilizando-se o cachimbo. Nesse mesmo ano de 1726, Israel Putman levou os primeiros charutos cubanos para os EUA, juntamente com sementes de tabaco cubano. Inicialmente, o charuto era confeccionado em Sevilha, Espanha, a partir de tabaco cultivado em Cuba, porém, a partir de 1821, um decreto do rei espanhol Ferdinando VII permitiu a fabricação de charutos em Cuba. Em 1840, Cuba já era o maior produtor de charutos do mundo. Surgiram as tradicionais marcas Partagas, H. Upmann e Romeo y Julieta. Também foram criadas fábricas de charuto nos EUA, no México, na República Dominicana e na Jamaica.
[[File:Havana cigar factory.jpg|center|150px|thumb|Fábrica dos Charutos Partagas em Havana, Cuba]]
[[Image:Cigar balcony loc 3b25437r.jpg|center|150px|thumb|Propaganda de charuto cubano de 1868]]
[[File:Jupiter Cigars.jpg|center|150px|thumb|Cartaz americano de charuto em 1868]]
2 529

edições