Programar em C++/Herança: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
[edição não verificada][edição não verificada]
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
 
== Superposição de funções ==
Muitas vezes temos classes derivadas que executam uma determinada ação de forma distinta da mesma ação definida na classe base. Por exemplo, se temos uma classe "animal" e declaramos uma função chamada "mover" e depois declaramos duas derivadas: "ave" e "peixe" com a mesma função "mover" teremos uma incoerência devido ao fato de que peixes se movem de forma totalmente diferente de aves. Uma vez que peixes devem "nadar" e "aves" podem "voar" ou "andar" nosso modelo de objetos está incorreto.
 
Podemos criar duas funções na mesma classe com nomes iguais e parâmetros diferentes, chamamos este recurso de sobrecarga.
Por questões de coerência semântica, porém, precisamos manter o mesmo nome para as funções das classes base e derivada em algumas construções. Isto é essencial devido a necessidade de criarmos objetos generalistas, por exemplo se tivermos classes "ave" e "peixe" abstraídas em uma base "animal", como vimos acima. Havendo estas condições, como poderemos criar comportamentos diferentes usando o mesmo nome para as funções?
 
== Ocultando funções da classe base ==
A resposta está em uma das características de polimorfismo mais simples, que iremos abordar neste tópico: a sobreposição de funções da classe base a partir de uma classe derivada. Com este recurso podemos declarar em uma classe derivada uma função com nome e parâmetros idênticos a uma existente em uma classe base, porém com conteúdo diferente.
 
Muitas vezes temos classes derivadas que executam uma determinada ação de forma distinta da mesma ação definida na classe base. Por exemplo, se temos uma classe "animal" e declaramos uma função chamada "mover" e depois declaramos duas derivadas: "ave" e "peixe" com a mesma função "mover" teremos uma incoerência devido ao fato de que peixes se movem de forma totalmente diferente de aves. Uma vez que peixes devem "nadar" e "aves" podem "voar" ou "andar" nosso modelo de objetos está incorreto.
 
Por questões de coerência semântica, porém, precisamos manter o mesmo nome para as funções das classes base e derivada em algumas construções. Isto é essencial devido a necessidade de criarmos objetos generalistas, por exemplo se tivermos classes "ave" e "peixe" abstraídas em uma base "animal", como vimos acima. Havendo estas condições, como poderemos criar comportamentos diferentes usando o mesmo nome para as funções?
== Ocultando funções da classe base ==
 
A resposta está em uma das características de polimorfismo mais simples, que iremos abordar neste tópico: a sobreposiçãoocultação de funções da classe base a partir de uma classe derivada (conhecida como "overriding" em manuais de compiladores). Com este recurso podemos declarar em uma classe derivada uma função com nome e parâmetros idênticos a uma existente em uma classe base, porém com conteúdo diferente.
 
== Acessando funções superpostas da classe base ==