Diferenças entre edições de "Logística/Gestão de armazéns/Operação de um armazém/Missões de um armazém"

Correcção
(Correcção)
(Correcção)
*Quando um armazém atinge 80% da sua capacidade de ocupação, chega-se à conclusão de que é necessário mais espaço, porque com essa ocupação a capacidade de movimentação e o gerir de produto torna-se mais demorada, se ocorre um aumento do tempo de localização de um produto, o armazenamento adequado do produto começa a desaparecer. Itens de movimentação lenta são guardados em localizações de movimentação rápida e por isso, itens de movimentação rápida são guardados em localizações de movimentação lenta. ''Isto pode dar origem a uma diminuição na produtividade e um aumento de estragos e enganos, tudo por má utilização de espaço.''
 
*Os armazéns já não são apenas locais de [[w:recepção|recepção]] e expedição tendo o seu papel sido alargado, permitindo com isso que os serviços tornem as operações no armazém de recepção mais eficientes, que no fim beneficiam o [[w:consumidor|cliente]], aumentando os serviços de valor acrescentado Seja a nível da ordenação e da etiquetação dos produtos para um eventual ''cross-docking'' ou de uma personalização do produto final, os requisitos dos clientes estão cada vez mais difíceis.
 
Seja individualmente ou combinando-se todas as funções descritas anteriormente são encontradas actualmente numa parte dos armazéns, a perspectiva antiga de que o armazém, é um local apenas para armazenar, reconfigurar e diminuir prazos tornou-se muito mais complexo e totalmente guiado pela nova tecnologia ([[Logística/Referências#refbTOMPKINS|Tompkins et al., 2003, p. 403-404]]).
95

edições