Santos católicos/Biografias: diferenças entre revisões

Adicionei uma foto.
[edição não verificada][edição não verificada]
(Adicionei um verbete.)
(Adicionei uma foto.)
[[File:GloriaChurch-Rio-CCBY.jpg|center|300px|thumb|Igreja de Nossa Senhora da Glória do Outeiro, no Rio de Janeiro, Brasil]]
[[File:Maringa cathedral byGteramatsu.JPG|center|200px|thumb|Catedral de Nossa Senhora da Glória, em Maringá, Paraná, Brasil]]
NOSSA SENHORA DA LAPA: segundo a lenda, o general mouro Al-Mansur teria atacado o Convento de Sisimiro, no norte de Portugal, no século X. As religiosas desse convento teriam então fugido e levado uma imagem de Nossa Senhora, a qual teria sido escondida em uma "lapa", ou seja, em uma gruta. Cinco séculos após, a imagem teria sido encontrada por uma menina muda, enquanto pastoreava nas redondezas. A menina, chamada Joana, teria carregado consigo a imagem e, quando sua mãe descobriu-a, tentou jogá-la ao fogo, mas nesse instante a menina teria adquirido a capacidade de falar e teria pedido à mãe para não destruir a imagem. Tal milagre de recuperação da voz da menina teria sido creditado à imagem de Nossa Senhora, que desde então passou a ser venerada na mesma gruta onde fora encontrada.
[[File:Arcos da Lapa.jpg|center|200px|thumb|Os Arcos da Lapa, uma das principais atrações da cidade do Rio de Janeiro, devem seu nome à Igreja de Nossa Senhora da Lapa do Desterro que se localiza próxima aos mesmos]]
NOSSA SENHORA DA PENHA DE FRANÇA: corresponde a uma imagem de Nossa Senhora achada pelo monge francês Simão Vela em uma montanha na província espanhola de Salamanca chamada Penha de França, no século XV. O monge havia sonhado, cinco anos antes, que uma imagem de Nossa Senhora estava enterrada em uma montanha e, desde então, se pôs a procurá-la. Quando a encontrou, construiu uma ermida no local para abrigá-la.
 
[[File:NotreDameDeParis.jpg|center|200px|thumb|Catedral de Nossa Senhora de Paris]]
NOSSA SENHORA DO CARMO: segundo a lenda, no século XIII, Nossa Senhora teria aparecido a São Simão Stock, um monge de um mosteiro no Monte Carmelo, na Palestina. Nossa Senhora teria lhe dito que todos os que usassem o seu escapulário (peça composta por dois pequenos pedaços de pano unidos por dois cordões) seriam salvos do inferno. Desde então, a devoção a Nossa Senhora do Carmo se espalhou pelo mundo. Sua imagem normalmente apresenta a santa com seu filho Jesus e um ou mais escapulários<ref>http://www.santuariodocarmo.com.br/area_publica/controles/ScriptPublico.php?cmd=santuario</ref>.
[[File:Igreja de Nossa Senhora do Carmo-Goiana.jpg|center|200px|thumb|Igreja de Nossa Senhora do Carmo em Goiana, Pernambuco, Brasil]]
 
NOSSA SENHORA DO DESTERRO: refere-se ao período em que a sagrada família esteve refugiada no Egito, fugindo à perseguição promovida pelo Rei Herodes. Diz-se que Nossa Senhora do Desterro protege todos os que se encontram distantes de sua pátria<ref>http://www.comamor.com.br/desterro.htm</ref>. A cidade brasileira de Florianópolis tinha antigamente o nome de Nossa Senhora do Desterro, o qual foi substituído em punição a seu apoio a revoltosos contra o governo de Floriano Peixoto, o qual renomeou-a como Florianópolis, que significa "cidade de Floriano".
[[File:Ph-2005- Altar-mór Catedral N.Sra. do Desterro em Judiai-SP.jpg|center|330px|thumb|Altar-mor da Catedral de Nossa Senhora do Desterro em Jundiaí, São Paulo, Brasil]]
[[File:Florianopolis HLuz bridge sunset.jpg|center|200px|thumb|Florianópolis]]
NOSSA SENHORA DO PILAR: segundo a lenda, São Tiago Maior, enquanto pregava o Evangelho em Saragoça, na Hispania romana, presenciou uma aparição de Maria, mãe de Jesus, que na época ainda vivia na Terra Santa. Maria teria aparecido a São Tiago Maior e seus companheiros em cima de um pilar, pedindo que aí se construisse uma igreja. Tal igreja corresponde à atual Basílica de Nossa Senhora do Pilar, em Saragoça, na Espanha.
[[File:Pilar noche.jpg|center|300px|thumb|Basílica de Nossa Senhora do Pilar, em Saragoça, Espanha]]
2 529

edições