Logística/Sistemas de informação/Indicadores de desempenho/Indicadores de utilização de recursos: equipamentos/Percentagem de ocupação: diferenças entre revisões

Actualização
[edição não verificada][edição não verificada]
(Actualização)
(Actualização)
 
 
Segundo [[Logística/Referências#refbWhite1985|White Jr. (1985, p. 328-330)]], uma das formas mais difíceis de [[w:Avaliação de desempenho|avaliação de desempenho]] consiste na determinação da utilização de [[w:Equipamento|equipamentos]] de [[w:Movimentação de material|movimentação de materiais]]. Estes podem ser de diferentes tipos, consoante a função a que se destinam. OsPor exemplo, os [[w:CamiãoVeículo|camiõesveículos]] industriais, as transportadoras, e as gruas e os [[w:Guindaste|guindastes]], por exemplo, são usados para diferentes fins sendo, portanto, apropriado o uso de diferentes medidas de desempenho.
 
Para além da utilização dos equipamentos de movimentação, também a carga total pode ser definida de forma diferente., Poristo outras palavrasé, a capacidade de carga pode ser determinada, nuns casos pelo peso da carga, noutros pelo seu tamanho.
 
A utilização de veículos industriais e de [[w:Armazenamento|armazenamento]], e de [[w:Máquina|máquinas]] de recuperação depende muito da [[w:Eficácia|eficácia]] dos sistemas de [[w:Expedição (armazém)|expedição]]. Por exemplo, se apenas ciclos de único comando são executados, em seguida, uma utilização máxima de 50 por cento podem ser esperados do equipamento de movimentação, mesmo se ele é carregado de capacidade.
A utilização dos equipamentos de movimentação pode ser obtida por meio de [[w:Estudo por amostragem|amostragem]] de trabalho. Através da recolha de observações [[w:Aleatoriedade|aleatórias]] do equipamento, pode ser determinado não só o seu estado de ocupação ou ociosidade, como também a percentagem de utilização da sua capacidade de carga no momento da observação. A capacidade de carga é uma função do peso e da velocidade.
461

edições