Logística/Gestão de armazéns/Necessidades de espaço/Armazenagem aleatória: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
{{Nav2|'''[[Logística/Gestão de armazéns/Necessidades de espaço|Necessidades de espaço]]'''||[[../Armazenagem dedicada|Armazenagem dedicada]]}}
 
ÉA armazenagem aleatória é utilizada quando uma unidade individual de manutenção de [[w:Estoque|''stock'']] ([[w:Stock Keeping Unit|''SKU'']]), pode ser armazenada em qualquer local de [[w:Armazenagem|armazenagem]] disponível.
A definição mais comum de funcionamento da armazenagem aleatória, é quando uma carga de entrada chega para armazenagem o local mais próximo disponível é designado como local de armazenagem. Em que a política de reaquisição é realizada com base no método [[w:FIFO|''FIFO'']], que fornece uma rotação uniforme de ''stock'', e a longo prazo é equivalente à reaquisição aleatória normal. ([[Logística/Referências#refbTOMPKINS|Tompkins et al., 1996, p. 420]]).
A politica do local mais próximo disponível para armazenagem pode produzir resultados semelhantes à politica de armazenagem aleatória normal, se o nível de armazenagem se mantiver constante e com um elevado nível de utilização. Caso contrário, passará a existir diferenças nas taxas de transferência obtidas ([[Logística/Referências#refbTOMPKINS|Tompkins et al., 1996, p. 420]]).
 
Ao nível dos requisitos de espaço para a armazenagem aleatória, os produtos podem ser armazenados em qualquer posição de armazenagem disponível. Assim, osOs requisitos de espaço de armazenagem serão iguais ao máximo necessário da armazenagem agregada para os produtos ([[Logística/Referências#refbFRANCIS|Francis et al., 1992, p. 276]]).
 
 
213

edições