Logística/Gestão de armazéns/Configuração discreta de armazéns/Modelo de afectação generalizada: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
[edição não verificada][edição não verificada]
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
{{Nav2|'''[[Logística/Gestão de armazéns/Configuração discreta de armazéns|Configuração discreta de armazéns]]'''|[[../Armazenagem aleatória vs. dedicada|Armazenagem aleatória vs. dedicada]]|[[../Formulação como um problema de transportes|Formulação como um problema de transportes]]}}
 
O modelo de afectação generalizada é utilizado para resolver problemas de layout do armazém. Que consiste em descobrir locais de armazenagem para os produtos, com o objectivo de descobrir o layout do armazém que permita uma minimização total dos custos. Em que um problema de modelo de afectação generalizada é considerado um caso especial de um problema de transportes.
Em contraste com a situação em que uma nova instalação pode demorar até um único local, a situação vai agora ser considerada sempre que uma nova instalação pode demorar até um número de sites. Para criar um contexto para a discussão, os problemas de layout do armazém, serão considerados. Outros problemas similares deve sugerir-se, no entanto.
 
Em contraste com a situação em que uma nova instalação pode demorarter atéapenas um único local, a situação vai agora seré considerada sempre quequando uma nova instalação pode demorar até um númerotem devários siteslocais. Para criar um contexto para a discussão, os problemas de layout do armazém, serão considerados. Outros problemas similares deve sugerir-se, no entanto.
 
Suponha que uma região L, que pode ser que parte do chão de um armazém onde os itens podem ser armazenados, é subdividida em quadrados n grade de igual tamanho, numeradas de qualquer maneira conveniente de 1 a n. Suponha que m itens devem ser guardados no armazém, e deixar o número total de quadrículas item que eu vou levar até ser indicado por Ai;
213

edições