Diferenças entre edições de "História e epistemologia da Física/A Revolução Relativística"

Trocando categorização manual por AutoCat (o indexador da categoria estava incorreto) [ usando AWB ]
(Trocando categorização manual por AutoCat (o indexador da categoria estava incorreto) [ usando AWB ])
 
 
Acreditava-se que a luz se propagava num meio, denominado éter luminífero
a luz do Sol e demais estrelas nos atinge Þ espaço deveria conter esse éter
deslocando-se a Terra nesse meio, deveríamos observar variação da velocidade da luz, tal como num rio
 
=== Dinâmica Relativística ===
 
se v=0 Þ p=0
 
Þ E0=mc2 (energia de repouso)
 
 
Equações de Maxwell comprovadas
 
Þ modificar a transformação de Galileu
 
=== Busca da solução ===
 
crítico: obras de Braque=meros cubos
Þ Cubismo
 
A Ciência e a Tecnologia da virada para o século XX (cinema, avião, automóvel, raios X etc.) mudou as concepções de espaço e tempo. A Geometria tornou-se a linguagem do Cubismo emergente. George Braque criticou a perspectiva renascentista como uma forma de artifício, de ilusionismo.<ref>REIS, J. C.; GUERRA, A.; BRAGA, M.: Ciência e arte: relações improváveis?</ref>
 
Antagonismos:
*direita´esquerda
*direitaesquerda
*antigo´moderno
*antigomoderno
 
arquétipos:
sente o peso da responsabilidade
 
Þ decide trabalhar e continuar estudos
 
entra para a Escola Nacional de Belas Artes e para o escritório de Lucio Costa e Carlos Leão (sem remuneração)
{{Tarefa|Incuir linha de tempo}}
 
{{AutoCat}}
[[Categoria:História e Epistemologia da Física]]
19 639

edições