Guia do Linux/Iniciante+Intermediário/Sistema de gerenciamento de pacotes/apt: diferenças entre revisões

m
clean up, replaced: == 20.2 apt == → == apt == (16) utilizando AWB
m (clean up, replaced: == 20.2 apt == → == apt == (16) utilizando AWB)
== 20.2 apt ==
 
O <code>apt</code> é sistema de gerenciamento de pacotes de programas que possui resolução automática de dependências entre pacotes, método fácil de instalação de pacotes, facilidade de operação, permite atualizar facilmente sua distribuição, etc. Ele funciona através de linha de comando sendo bastante fácil de usar. Mesmo assim, existem interfaces gráficas para o <code>apt</code> como o <code>synaptic</code> (modo gráfico) e o <code>aptitude</code> (modo texto) que permitem poderosas manipulações de pacotes sugeridos, etc.
 
O <code>apt</code> é exclusivo da distribuição <code>Debian</code> e distribuições baseadas nela e tem por objetivo tornar a manipulação de pacotes poderosa por qualquer pessoa e tem dezenas de opções que podem ser usadas em sua execução ou configuradas no arquivo <code>/etc/apt/apt.conf</code>. Explicarei aqui como fazer as ações básicas com o <code>apt</code>, portanto se desejar maiores detalhes sobre suas opções, veja a página de manual <code>apt-get</code>.
 
=== 20.2.1 O arquivo <code>/etc/apt/sources.list</code> ===
 
Este arquivo contém os locais onde o <code>apt</code> encontrará os pacotes, a distribuição que será verificada (stable, testing, unstable, Woody, Sarge) e a seção que será copiada (main, non-free, contrib, non-US).
 
'''OBS:''' Caso tenha mais de uma linha em seu arquivo <code>sources.list</code> de onde um pacote pode ser instalado, ele será baixado da primeira encontrada no arquivo. í‹ recomendável colocar primeiro repositórios locais ou mais perto de você, como recomendado nesta seção.
 
==== 20.2.1.1 Endereços de servidores e mirrors nacionais da <code>Debian</code> ====
 
Segue abaixo uma relação de servidores que podem ser colocados em seu arquivo <code>sources.list</code><nowiki>: </nowiki>
 
ftp://download.unesp.br /linux/debian
 
==== 20.2.1.2 Um modelo de arquivo <code>sources.list</code> ====
 
Você pode copiar o modelo do <code>sources.list</code> abaixo para ser usado em sua distribuição Stable ou personaliza-lo modificando a distribuição utilizada e servidores:
 
# deb ftp://kde.tdyc.com/pub/kde/debian woody main crypto optional qt1apps
 
=== 20.2.2 O arquivo <code>/etc/apt/apt.conf</code> ===
 
Você pode especificar opções neste arquivo que modificarão o comportamento do programa <code>apt</code> durante a manipulação de pacotes (ao invés de especificar na linha de comando). Se estiver satisfeito com o funcionamento do programa <code>apt</code>, não é necessário modifica-lo. Para detalhes sobre o formato do arquivo, veja a página de manual do <code>apt.conf</code>. Na página de manual do <code>apt-get</code> são feitas referências a parâmetros que podem ser especificados neste arquivo ao invés da linha de comando.
 
=== 20.2.3 Copiando a lista de pacotes disponí­veis ===
 
O <code>apt</code> utiliza uma lista de pacotes para verificar se os pacotes existentes no sistema precisam ou não ser atualizados. A lista mais nova de pacotes é copiada através do comando apt-get update.
 
Este comando pode ser usado com alguma frequência se estiver usando a distribuição stable e sempre se estiver usando a unstable (os pacotes são modificados com muita frequência). Sempre utilize o apt-get update antes de atualizar toda a distribuição.
 
=== 20.2.4 Utilizando CDs oficiais/não-oficiais/terceiros com o apt ===
 
Para usar CDs da <code>Debian</code> ou de programas de terceiros, use o seguinte comando com cada um dos CDs que possui:
 
Observação: - CDs de terceiros ou contendo programas adicionais também podem ser usados com o comando "apt-cdrom add".
 
=== 20.2.5 Instalando novos pacotes ===
 
Use o comando apt-get install [pacotes] para instalar novos pacotes em sua distribuição. Podem ser instalados mais de um pacotes ao mesmo tempo separando os nomes por espaços. Somente é preciso especificar o nome do pacote (sem a versão e revisão).
 
Se preciso, o <code>apt</code> instalará automaticamente as dependências necessárias para o funcionamento correto do pacote. Quando pacotes além do solicitado pelo usuário são requeridos para a instalação, o <code>apt</code> mostrará o espaço total que será usado no disco e perguntará ao usuário se ele deseja continuar. Após a instalação, o pacote será automaticamente configurado pelo <code>dpkg</code> para ser executado corretamente em seu sistema.
 
=== 20.2.6 Removendo pacotes instalado ===
 
Use o comando apt-get remove [pacotes] para remover completamente um pacote do sistema. Podem ser removidos mais de um pacote ao mesmo tempo separando os nomes dos pacotes com espaços. O apt-get remove remove completamente o pacote mas mantém os arquivos de configuração, exceto se for adicionada a opção—purge.
 
É preciso especificar somente o nome do pacote (sem a versão e revisão).
 
=== 20.2.7 Atualizando sua distribuição ===
 
O <code>apt</code> tem uma grande caracterí­stica: Atualizar toda a sua distribuição de uma forma inteligente e segura. O <code>apt</code> lê a listagem de pacotes disponí­veis no servidor remoto, verifica quais estão instalados e suas versões, caso a versão do pacote seja mais nova que a já instalada em seu sistema, o pacote será imediatamente atualizado.
 
A distribuição que será usada na atualização pode ser especificada no arquivo <code>/etc/apt/sources.list</code> (veja a seção correspondente acima). Caso o método de atualização usado seja via HTTP ou FTP, será necessário usar o comando apt-get clean para remover os pacotes copiados para seu sistema (para detalhes veja a seção seguinte).
 
=== 20.2.8 Removendo pacotes baixados pelo <code>apt</code> ===
 
Use o comando apt-get clean para apagar qualquer arquivo baixado durante uma atualização ou instalação de arquivos com o <code>apt</code>. Os arquivos baixados residem em <code>/var/cache/apt/archives</code> (download completo) e <code>/var/cache/apt/archives/partial</code> (arquivos sendo baixados - parciais).
 
O apt-get clean é automaticamente executado caso seja usado o método de acesso <code>apt</code> do <code>dselect</code>.
 
=== 20.2.9 Procurando por pacotes através da descrição ===
 
O utilitário <code>apt-cache</code> pode ser usado para esta função. Ele também possui outras utilidades interessante para a procura e manipulação da lista de pacotes.
 
Por exemplo, o comando apt-cache search clock mostrará todos os pacotes que possuem a palavra <var>clock</var> na descrição do pacote.
 
=== 20.2.10 Procurando um pacote que contém determinado arquivo ===
 
Suponha que algum programa esteja lhe pedindo o arquivo perlcc e você não tem a mí­nima idéia de que pacote instalar no seu sistema. O utilitário auto-apt pode resolver esta situação. Primeiro instale o pacote <code>auto-apt</code> e execute o comando auto-apt update para que ele copie o arquivo <code>Contents-i386.gz</code> que será usado na busca desses dados.
 
Serão mostrados somente os binários, diretórios de documentação, manpages, etc. não serão mostradas.
 
=== 20.2.11 Modos eficazes de compilação do código fonte para a Debian ===
 
O <code>Debian</code> como qualquer distribuição de Linux, possui o diretório <code>/usr/local</code> que segundo a FHS é o local apropriado para colocação de programas que não fazem parte da distribuição, que seria no caso o de fontes compilados manualmente. Um dos grandes trabalhos de quem pega o código fonte para compilação é a instalação de bibliotecas de desenvolvimento para a compilação ocorrer com sucesso.
 
E ele se encarregará do resto :-)
 
=== 20.2.12 Verificando pacotes corrompidos ===
 
Use o comando apt-get check para verificar arquivos corrompidos. A correção é feita automaticamente. A lista de pacotes também é atualizada quando utiliza este comando.
 
=== 20.2.13 Corrigindo problemas de dependências e outros erros ===
 
Use o comando apt-get -f install (sem o nome do pacote) para que o <code>apt-get</code> verifique e corrija problemas com dependências de pacotes e outros problemas conhecidos.
 
2 987

edições