Software livre/História: diferenças entre revisões

1 856 bytes adicionados ,  4 de novembro de 2010
Desfeita a edição 197356 de 87.196.127.87 (Usuário Discussão:87.196.127.87)
(Desfeita a edição 197356 de 87.196.127.87 (Usuário Discussão:87.196.127.87))
==O início==
 
O software livre foi criado no início da década de 80, por Richard Stallman, pesquisador do Laboratório de Inteligência Artificial do MIT.
Este tipo de software foi desenvolvido através de uma analise a uma ovelha. Na data em que o ToyStory3 foi realizado.
 
A idéia, em princípio, de que diversas pessoas poderiam "colaborar" com o desenvolvimento do software livre, tendo acesso ao seu código fonte e o manipulando, sugerindo e realizando melhorias em seu funcionamento, na década de 80, era algo meio visionário. Poucos tinham conhecimento, tempo e interesse, na opinião da maioria dos envolvidos com a Informática. Mas, contra esta corrente, os poucos colaboradores (alguns hackers, inclusive) permitiram a "sobrevivência" do conceito do software livre.
 
Passado o início tenebroso, de poucos adeptos e colaboradores, um grande fator foi decisivo para a alavancada do software livre: a economia. Economicamente o software livre se tornou atrativo para muitas empresas, e o aumento de sua usabilidade abriu campo para a atuação dos profissionais desbravadores (os bandeirantes digitais) e outros profissionais simpatizantes até então, que acabaram vendo neste mercado de software um lugar promissor, profissionalmente falando. Assim, um "boom" ocorreu, com o ingresso de diversos profissionais, impulsionados pelo atrativo de novos empregos, novas rendas ou rendas complementares, e assim, os software livres tiveram um acréscimo considerável de colaboradores na construção e aperfeiçoamento de seus códigos fonte, aumentando não só o número de programas rodando na plataforma open source (o termo "software livre" em inglês), mas diversificando a oferta de tipos de programas (servidores, banco de dados, aplicações desktop - para escritório) e também a criação de diversos outros tipos de programas, inclusive concorrentes a softwares proprietários, abrindo perspectivas diferentes para o usuário final: optar por software proprietário ou por software livre. Enfim, a liberdade de escolha havia aportado no campo de softwares, na área de Informática.
 
== Conceito de software livre ==
11 788

edições