Física quântica para crianças/O que é física: diferenças entre revisões

remoção: conteúdo copiado do site InfoEscola sem o envio prévio de autorização para a cópia e uso sob CC-BY-SA); typos
(remoção: conteúdo copiado do site InfoEscola sem o envio prévio de autorização para a cópia e uso sob CC-BY-SA); typos)
=== Mecânica Clássica ===
 
A Mecânica Clássica (aquela que se estuda na escola) é um dos ramos da física. Nele estudamos o movimento, a energia e as forças que atuam sobre um corpo.ela se divide em trestrês partes basicasbásicas, nomeadas de acordo com o fisicofísico que a desenvolveu: a mecanicamecânica newtoniana, a mecanicamecânica lagrangeanalagrangiana e a mecanicamecânica hamiltoniana; às quais passamos rapidamente agora:
 
* mecanicamecânica newtoniana:
A Mecânica Newtoniana é o principal fundamento da física clássica, e é assim chamada em homenagem a Sir Isaac Newton, que a desenvolveu no século XVII, complementando o trabalho de Galileu para dar início à física.
elaEla se resume em trestrês pontos basicosbásicos:
{{VDA|1=http://www.infoescola.com/fisica/mecanica-newtoniana/}}
 
É nela que ensinamos as trestrês leis de Newton:
-Velocidade é a derivada temporal do vetor-posição da partícula para um dado referencial;
-O principio da inercia(1a lei de newton), que diz que um corpo isolado vai manter seu estado de movimento(reto sem aceleraçaoaceleração ou repouso) se a resultante das forças nele forem zero.
-Momento Linear é definido como o produto da massa de uma partícula e da sua velocidade;
-O principio da dinamicadinâmica(2a lei de Newton), que diz que quando as forças aplicadas sobre um corpo não se equilibram, a resultante delas é igual ao produto da massa deste corpo e do módulo da aceleração adquirida por ele, tambemtambém escrita assim: F = m x a(força=massa x aceleraçaoaceleração)
-A força é a derivada temporal do momento linear, se ele for medido em relação a um referencial inercial (referencial para o qual, se não estiver submetido a forças, a partícula segue parada ou em movimento retilíneo constante);
-A lei da açaoação e reaçaoreação(3a lei de newton), que diz que quando um corpo aplica uma força em outro ele sente outra que é igual em intensidade e sentido, mas oposta em direçaodireção.
 
É nela que ensinamos as tres leis de Newton:
-O principio da inercia(1a lei de newton), que diz que um corpo isolado vai manter seu estado de movimento(reto sem aceleraçao ou repouso) se a resultante das forças nele forem zero.
-O principio da dinamica(2a lei de Newton), que diz que quando as forças aplicadas sobre um corpo não se equilibram, a resultante delas é igual ao produto da massa deste corpo e do módulo da aceleração adquirida por ele, tambem escrita assim: F = m x a(força=massa x aceleraçao)
-A lei da açao e reaçao(3a lei de newton), que diz que quando um corpo aplica uma força em outro ele sente outra que é igual em intensidade e sentido, mas oposta em direçao.
 
== Ligações externas ==
A mecânica Newtoniana é um limite para a Teoria da Relatividade Geral, sendo assim, para dimensões subatômicas não apresenta eficiência no tratamento dos fenômenos ocorrentes nessa escala, assim como não se aplica para sistemas mais complexos.
* http://www.infoescola.com/fisica/mecanica-lagrangeananewtoniana/
 
* http://www.infoescola.com/fisica/mecanica-hamiltoniana/
* mecanica lagrangeana
* http://www.infoescola.com/fisica/mecanica-lagrangeana/
A formulação da mecânica clássica postulada por Joseph-Louis de Lagrange relaciona a conservação de energia mecânica com a conservação do momento linear de um sistema dinâmico. É antecessora às formulações das mecânicas hamiltoniana e newtoniana, sendo assim, considerada de fundamental importância a estas.
 
* mecanica hamiltoniana
A mecânica de William Rowan Hamilton é uma reformulação da mecânica clássica cuja origem é proveniente da mecânica Lagrangeana. Porém, a mecânica hamiltoniana pode ser explicada isoladamente através do estudo matemático de variedades simpléticas (exclusivas dessa mecânica).
Assim como a Lagrangeana, a mecânica Hamiltoneana é capaz de estudar e analisar sistemas mais complexos (incapacidade inerente à mecânica de Newton), mesmo que não seja indicada para casos particulares.
 
{{Esboço}}
{{AutoCat}}
referencia:
http://www.infoescola.com/fisica/mecanica-newtoniana/
http://www.infoescola.com/fisica/mecanica-hamiltoniana/
http://www.infoescola.com/fisica/mecanica-lagrangeana/