Anestesia em quelónios/Anestesia local: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
[edição não verificada][edição verificada]
m (Não é mais preciso inserir a navegação manualmente, basta manter a lista de capítulos do livro atualizada. Ver detalhes.)
Sem resumo de edição
 
[[Image:Lidocaine.svg|thumb|right|200px|Estrutura química da lidocaína. Esta substância é utilizada na anestesia em quelónios]]
A pele dos quelónios, como da generalidade dos répteis é muito sensível a estímulos dolorosos. A prática da anestesia local é usada em inúmeros procedimentos clínicos, mesmo em pequenas intervenções cirúrgicas. E como recurso à anestesia geral que produz alterações fisiológicas mesmo em pacientes saudáveis. O fármaco mais usado é a lidocaína numa percentagem de 2% em remoções de abcessos, reparação de lacerações cutâneas e inúmeros procedimentos.
 
{{w|Lidocaína}} como anestésico local, é um bloqueador rápido dos canais de sódio, activados ou inactivados, existentes nos miócitos especializados do sistema de condução (coração) ou nervos periféricos.
 
<noinclude>
229

edições