Medicina geral e familiar/Medicina baseada na evidência: diferenças entre revisões

m
[edição não verificada][edição não verificada]
De acordo com estes podemos obter alguns indicadores da fidedignidade dos testes, nomeadamente:
 
'''Sensibilidade''' é a proporção de indivíduospessoas doentes que tem o teste positivo, antes chamado de "positividade na doença". Um teste muito sensível "apanha"é amuito maioriabom dospara doentes,excluir obtendo-sehipóteses assimuma umvez elevadoque valortem preditivopoucos dosfalsos negativos, enquantono queentanto um testeresultado poucopositivo sensívelé geramenos muitosútil porque a elevada sensibilidade não exclui que possam haver falsos negativospositivos.
 
<center><math>\frac{verdadeiros \quad positivos} {total \quad de \quad doentes}</math></center>
33

edições