Português/Classificação das palavras/Substantivos: diferenças entre revisões

merged in: Gramática:substantivo
[edição não verificada][edição não verificada]
m (cat)
(merged in: Gramática:substantivo)
No português, como em qualquer outro idioma, existem palavras para nomear osum seres,ser sejamou elesum seresobjeto, abstratosuma ação, comoqualidade osou sentimentosestado, considerados separados dos seres ou concretosobjetos a que pertencem. Essas palavras que nomeiam seres formam a maior classe morfológica da língua portuguesa, os '''substantivos'''.
 
Qualquer palavra pode ser substantivada, bastando precedê-la de um [[Português: Gramática-Morfologia-Os Artigos ou determinantes|artigo]]. Artigos sempre precedem substantivos, mas nem sempre o substantivo é precedido de um numeral ou acompanhado de pronome e adjetivo. Exemplo: "O não é uma palavra dura".
Os substantivos são classificados quanto às suas flexões e quanto aos seus radicais.
 
==Flexões==
 
Os substantivos são classificados quanto às suas flexões e quanto aos seus radicais. No caso do português, o substantivo pode variar em gênero, número e grau. Em outros idiomas (como o [[Latim: Índice|latim]], o [[Grego: Índice|grego]] e o [[Romeno: Índice|romeno]]), os substantivos também declinam-se.
 
A mais simples forma de classificação é quanto ao número. Um determinado substantivos se classifica em número de acordo com o número de seres de mesma espécie ao qual se refere. Quando se refere a um único ser, está no ''singular''. Quando se refere a mais de um ser, está no ''plural''.
Além de classificação por número, um substantivo pode se classificar quanto ao gênero, em ''feminino'' e ''masculino''.
 
==Formação==
Um substantivo que se refira a um ser específico, com nome próprio, de determinada espécie, é um substantivo ''próprio'', condição mostrada pela letra maiúscula. Substantivos que não sejam próprios são classificados como ''comuns''.
 
* Primitivo: Não vem de outra palavra existente na língua. Exemplo: Flor, pedra.
* Derivado: Vem de outra palavra existente na língua. Exemplo: Florista, pedreiro.
* Simples: Apenas um radical. Exemplo: água, couve, sol
* Composto: Mais de um radical. Exemplo: água-de-cheiro, couve-flor, girassol.
 
Os substantivos também se classificam quanto ao número de radicais. Quando um é formado por mais de um radical, é chamado composto. Quando é formado por apenas um, é chamado simples.
 
==Classificação==
 
* Comum: designa um grupo de coisas em geral, sem especificar elementos específicos, sendo grafados em geral com letra minúscula. Exemplo: mulher, cachorro, cidade.
* Próprio: designa um elemento específico dentro de um grupo, sendo grafados sempre com letra maíuscula. Exemplo: Ana, Rex, Lisboa.
 
Um substantivo que se refira a um ser específico, com nome próprio, de determinada espécie, é um substantivo ''próprio'', condição mostrada pela letra maiúscula. Substantivos que não sejam próprios são classificados como ''comuns''.
 
* Concreto: designa seres, que existem fisicamente ou não. Exemplo: casa, cadeira, deus, saci, fada.
* Abstrato: designa idéias, conceitos, que em geral não tem uma imagem concebida. Exemplo: justiça, altura, trabalho.
 
Quando um substantivo se refere a um ser palpável, é chamado de ''concreto''. Quando se refere a um conceito abstrato, não palpável, é classificado como ''abstrato''.
 
* Coletivo: designa um grupo específico de seres e coisas. Exemplo: Alcatéia, Acervo, Colméia, etc.
 
Há também o caso coletivo. O coletivo é um substantivo que, mesmo no singular, refere-se a um conjunto de seres, como se fossem um único ser. Por exemplo: matilha, o coletivo de cães.
*Rejane: ''substantivo concreto simples próprio feminino no singular''
 
{{wikipédia|Substantivo}}
[[Categoria:Português|O]]
11 788

edições