Diferenças entre edições de "Engenharia genética/Os vetores do sistema pET"

sem resumo de edição
m (Abacaxi moveu a página Engenharia genética/Os vectores do sistema pET para Engenharia genética/Os vetores do sistema pET: Reforma ortográfica de 2008-2012)
 
[[Imagem:T7 RNA polymerase at work.png|thumb|right|470px|Representação esquemática da T7 RNA Polimerase (azul) produzindo mRNA (verde) a partir de um ''template'' de DNA em dupla cadeia (laranja). Baseado em [http://www.rcsb.org/pdb/explore/explore.do?structureId=1MSW PDB ID 1MSW]]]
 
Para amplificar as DNA polimerases Taq e Pfu, utilizaram-se os vectoresvetores pET.
 
O sistema pET da [http://www.emdbiosciences.com/html/NVG/home.html Novagen] tem sido reconhecido como uma das mais poderosas abordagens disponíveis para produção de [http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_recombinant_proteins proteínas recombinantes].
Existe uma vasta variedade de vectores pET, todos derivados do pBR322 e com base num sistema comandado pelo [http://en.wikipedia.org/wiki/Promotor promotor] T7 (do [http://en.wikipedia.org/wiki/T7_phage bacteriófago T7]) para dirigir a expressão de genes-alvo.
 
Considerando que a RNA polimerase da ''E. coli'' não reconhece o promotor T7, supõe-se que não ocorre [http://en.wikipedia.org/wiki/Transcription_%28genetics%29 transcrição] do gene-alvo na ausência de uma fonte de T7 RNA polimerase e o passo de clonagem está, deste modo, efectivamenteefetivamente desacoplado do passo de [http://en.wikipedia.org/wiki/Gene_expression expressão].
 
O hospedeiro mais comummentecomumente utilizado é o BL21, o qual tem a vantagem de ser deficiente em ambas as [http://en.wikipedia.org/wiki/Protease proteases] ''lon'' e ''ompT''.
 
Recentemente, a Novagen introduziu dois derivados do BL21 para finalidades especiais, dos quais se salientam a série [http://www.merckbiosciences.co.uk/Products/ProductDisplay.asp?catno=69042&#relatedlit B834] que é um [http://en.wikipedia.org/wiki/Auxotroph auxotrófico] deficiente em [http://pt.wikipedia.org/wiki/Metionina metionina] e, então, permite elevada actividadeatividade específica marcando as proteínas-alvo com 35S-metionina ou selenometionina.
 
Como estirpe hospedeira do Sistema pET utilizámos ''Escherichia coli'' BL21(DE3) pET-Pfu e pET-Taq.
'''Poderoso''':
*Níveis de expressão mais elevados, maior controlo sobre a expressão basal;
*Adequação da escolha de vectoresvetores e estirpes hospedeiras ao controlo dos níveis de expressão basal e induzido.
 
'''Versátil''':
'''Rápido''':
*Sistemas baseados em ''E.coli'' para rápida obtenção de resultados;
*[http://en.wikipedia.org/wiki/Restriction_site Locais de restrição] convenientes para [http://en.wikipedia.org/wiki/Subcloning subclonagem] de outros vectoresvetores;
*Escolha de métodos de [http://en.wikipedia.org/wiki/Protein_purification purificação das proteínas] num passo único sem [http://en.wikipedia.org/wiki/Antibody anticorpos].
 
5 622

edições