Introdução à Biologia/Célula/Estrutura e organização da célula: diferenças entre revisões

[edição verificada][edição verificada]
Sem resumo de edição
O mecanismo de transporte na difusão facilitada obedece um '''padrão de acesso alterando''': o sítio de ligação do substrato de uma proteína de transporte é alternadamente exposto a um ou a outro lado da membrana, de tal modo que, em nenhum momento, há um canal aberto e sem restrições através do transportador. Esse padrão de acesso alternado é o que diferencia as permeases das porinas, ou seja, das proteínas que formam poros. As porinas formam um canal aberto que comunica diretamente o meio extracelular com o meio intracelular, permitindo a passagem de água e íons de forma irrestrita. As permeases, como dito anteriormente, nunca deixa um canal aberto comunicando os dois lados da membrana. As porinas fazem parte do mecanismo da difusão simples, enquanto que as permeases, fazem parte do mecanismo da difusão facilitada
 
Uma consequência da difusão facilitada é fazer com que o transporte de substâncias ocorra numa velocidade maior do que na difusão simples, já que as proteínas transportadoras colocam mais moléculas para dentro da célula. No entanto, a velocidade de transporte é limitada ao número de transportadores, uma vez que, quando todos os transportadores estão ocupados, não há como aumentar mais a velocidade de transporte. Glicose e aminoácidos entram na célula pelo processo de difusão facilitada. Em resumo, podemos reconhecer as seguintes características da difusão facilitada:
*Não gasta energia
*Ocorre a favor de um gradiente de concentração, ou seja, a substância passa do lada de maior concentração para o lado de menor concentração
1 387

edições