Logística/Manutenção de instalações/Plano de manutenção: diferenças entre revisões

planeamento para planejamento.
(planeamento para planejamento.)
 
 
O plano de [[w:Manutenção|manutenção]] é um sistema de atribuição de tarefas dentro do departamento de manutenção que coordena: [[w:Habilidade|habilidades]] e o [[w:Conhecimento|conhecimento]] dos operadores; trabalho e disponibilidade de [[w:Equipamento|equipamentos]], materiais ou [[w:Ferramenta|ferramentas]]; dados e história dos equipamentos. O seu [[w:Objetivo|objectivo]] principal é aumentar o tempo [[w:Produtividade|produtivo]] dos operadores e diminuir o tempo perdido em deslocações, preparações de material e atrasos. A diminuição do tempo das actividades não produtivas oferece grandes oportunidades de avanço na produtividade da manutenção. No entanto, é importante referir que o tempo gasto na [[w:Manutenção preventiva|manutenção preventiva]] e predictiva é considerado tempo produtivo. Este tempo das actividadesatividades de [[w:Controle (administração)|controlo]], pode ser o mais produtivo, principalmente se a inspecção resultar na correcção de uma potencial avaria futura.
 
Por definição, o [[w:Planejamento|planeamentoplanejamento]] ocorre antes da execução do trabalho. O chefe do grupo de planeamento, designado planeador, analisa primeiro todas as ordens de trabalho recebidas para determinar quais merecem atenção prioritária. Um grupo de planeamento de manutenção recebe a ordem de trabalho, o mais rápido possível e os [[w:Trabalhador|trabalhadores]] antes da execução do trabalho, efectuam uma série de tarefas preparatórias, tais como, identificar ou reservar peças para realizar o trabalho; antecipar e prever mentalmente prováveis atrasos no trabalho. Estes esforços criam um "plano de ordens de trabalho", proporcionando um aumento de produtividade. O planeador, pode também criar uma [[w:Agenda|agenda]] semanal para cada [[w:Equipe|equipa]] de trabalho, ajudando os supervisores a reconhecer todos os postos de trabalho que devem receber atenção, de acordo com o sistema de prioridades da instalação.
 
Um único planeador pode coordenar 20 a 30 operadores. No entanto, o seu grau de [[w:Responsabilidade|responsabilidade]] dentro da [[w:Organização|organização]] e o apoio da gestão faz a diferença no sucesso de um plano de manutenção. O planeador deve ser respeitado; altamente competente na prática de habilidades de manutenção; eficaz na análise de dados e detecção das capacidades dos trabalhadores; ter uma boa relação com todo o pessoal, desde o gerente da fábrica até o aprendiz, bem como os [[w:Fornecedor|fornecedores]] e fabricantes.
Utilizador anónimo