Civilizações da Antiguidade/O homem sedentário: diferenças entre revisões

m
Foram revertidas as edições de 177.207.212.82 (disc) para a última revisão de Defender
(tudo)
m (Foram revertidas as edições de 177.207.212.82 (disc) para a última revisão de Defender)
[[Imagem:Nomads near Namtso.jpg| thumb | 400px | right|Pastores nômades acampando perto de Namtso, lago do Tibete, em 2005]]
, inclusive peixes, o h primórdios. Depois vieramdas cavernas. Os animais e a natureza, as caçadas, eram desenhadas de uma maneira realista. Era assim que o homem via o mundo e o retratava com perfeição.
 
Em um dado momento de sua história o homem começa a se sedentarizar. Mas porque isso aconteceu?
 
A resposta é a agricultura. Quando o homem percebe que pode controlar a natureza ele se fixa em um lugar. E a partir daí o homem começa a desenvolver inicialmente pequenas vilas, que com o tempo podem ou não se transformar em grandes cidades. Mas, da onde surgiram as classes sociais? A resposta é: excedente de produção.
 
Provavelmente a agricultura começou quando as mulheres que colhiam as frutas começaram a perceber que onde jogavam as sementes, posteriormente nascia no local um pé do mesmo fruto. Estudiosos acreditam que elas começaram a armazenar as sementes para plantá-las, iniciando-se assim os primeiros passos da agricultura como conhecemos hoje.
 
==Surgimento da agricultura==
 
O homem caçador também era coletor e observava a natureza. Na medida em que demorava mais tempo numa determinada região e consumia os frutos ou plantas, reparava que um caroço dava origem a uma plantinha.
 
Assim, passando mais tempo em determinado local, com um clima bom e caça abundante, inclusive peixes, o homem conseguiu um tempo para plantar e colher.
 
Com o decorrer do tempo, não havia mais motivos para abandonar as terras onde estavam vivendo. As plantas nasciam, o clima era bom, a caça satisfatória, a pesca era bastante então, valia a pena construir um abrigo.
Era o fim da vida nômade.
 
==Avanço da tecnologia no Neolítico==
 
A descoberta da agricultura, foi lenta e gradual, porque, o homem descobriu que as sementes geravam outras plantas mas para isso era preciso um novo tipo de trabalho.
 
[[File:Erntemesser.jpg | thumb | 200px | left|ferramentas]]
 
Aqui temos o homem sedentário, que precisa adaptar seus instrumentos, armas ou ferramentas e que com isso, vai se sofisticando.
 
Para construir uma cabana de barro, pedra ou madeira era necessário também, criar novas ferramentas e uma técnica inovadora.
 
Para plantar, de modo a ter uma lavoura razoável, que alimentasse o grupo de pessoas reunido naquela região, os homens descobriram que era preciso arar a terra. Isso era feito com ferramentas primitivas que foram ficando cada vez mais bem adaptadas às necessidades do momento.
 
Era preciso controlar as águas das chuvas e dos rios próximos, criando formas de irrigar as plantações, o que demandou praticamente um trabalho de engenharia.
 
Tudo isso se transformou num imenso desafio que possibilitou o surgimento de tecnologias impensáveis para o antigo nômade, mas que possibilitaram o surgimento das comunidades primitivas.
 
==Agricultores/Pastores==
 
Nessa altura, já temos o homem primitivo vivendo em comunidades. Ele já não precisa mais se arriscar em caçadas ou em movimentos dos grupos rumo a terras desconhecidas.
 
As comunidades tinham a terra para uso comum e criaram formas de se proteger, assim como proteger suas lavouras.
[[File:Historia de la dieta.png | thumb | 200px | right|história da dieta]]
 
Nesse estágio começou a domesticação de animais, que deve ter surgido espontaneamente.
 
Primeiro foi o cão, amigo e companheiro do homem desde os primórdios. Depois vieram o carneiro, o boi e o cavalo, na verdade, os dois últimos fizeram parte da força de trabalho desde sempre.
 
E assim, o homem se tornou também pastor, cuidando dos seus rebanhos que lhe garantiam comida e conforto.
 
==Cultos agrários==
[[File:Ägyptisches Museum Berlin 010.jpg | thumb | 150px | left|Vênus pré histórica]]
O homem sempre temeu os fenômenos da natureza, forças inexplicáveis, os relâmpagos que cortavam o céu, os trovões, a chuva... Com certeza deveria ser aterrorizante a natureza selvagem e o homem começou a analisar que espécie de deuses comandavam aqueles espetáculos naturais que podiam destruir tudo em um piscar de olhos.
 
Assim, ligaram certas figuras à fertilidade da terra, boas colheitas e para elas fizeram imagens. Dessa forma, de acordo com os ciclos da colheita, havia festas e cultos aos deuses que propiciavam tanta fartura. Assim se originaram os ritos que visavam pedir proteção ou agradecer e aí está o início dos cultos agrários.
 
 
==Novas formas artísticas==
[[File:Borger Hunebedmuseum.JPG| thumb | 150px | right|casa sobre palafitas]]
 
,Primeiro inclusiveforam peixes,os odesenhos hnas primórdios.paredes Depois vieramdasdas cavernas. Os animais e a natureza, as caçadas, eram desenhadas de uma maneira realista. Era assim que o homem via o mundo e o retratava com perfeição.
 
Depois, como falamos acima, nos cultos agrários, o homem passou a fazer a representação de figuras femininas, chamadas Vênus. Criam pequenas figuras, com linhas femininas exageradas, que se acredita funcionavam como ídolos num culto de fertilidade.