Civilizações da Antiguidade/O homem sedentário: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 177.207.212.82 (disc) para a última revisão de Defender)
Sem resumo de edição
 
==Cultos agrários==
[[File:Ägyptisches Museum Berlin 010.jpg | thumb | 150px | left|Vênus pré histórica]]O Homem sempre temeu os fenômenos da natureza, os raios, os trovões, a chuva, os terremotos e etc... como não sabiam como estes fenômenos aconteciam, começaram a criar um deus para cada item, criava-se então as primeiras religiões, que iriam evoluir com o passar do tempo.
O homem sempre temeu os fenômenos da natureza, forças inexplicáveis, os relâmpagos que cortavam o céu, os trovões, a chuva... Com certeza deveria ser aterrorizante a natureza selvagem e o homem começou a analisar que espécie de deuses comandavam aqueles espetáculos naturais que podiam destruir tudo em um piscar de olhos.
 
As religiões surgiram a partir da captação de padrões, por exemplo: 12 humanos morrem perto de uma fazendo, e depois deste fato a colheita ficou melhor, após isso o ser humano começou a sacrificar humanos e animais para terem uma colheita melhor.
Assim, ligaram certas figuras à fertilidade da terra, boas colheitas e para elas fizeram imagens. Dessa forma, de acordo com os ciclos da colheita, havia festas e cultos aos deuses que propiciavam tanta fartura. Assim se originaram os ritos que visavam pedir proteção ou agradecer e aí está o início dos cultos agrários.
 
Esta teoria pode se adaptar a outros eventos do dia-a-dia, por exemplo: o homem sempre rezava antes de enfrentar o outro, quando grandes grupos começaram a se enfrentar, dando origem as guerras, as rezas ficam maiores, assim o ser humano começou a associar a vitória nos combates a algum deus.
 
Estes mesmos humanos associavam os terremotos, tsunamis e outros eventos catastróficos com determinados comportamentos que não estariam agradando esse deus, surgiu então os mandamentos religiosos. 
 
Outros fatores também influenciam na criação das religiões, como a história, cultura, tradições, e clima de um povo. 
 
 
Utilizador anónimo