Programação Orientada a Objetos: Uma Abordagem com Java/Princípios da programação na linguagem Java/Tipos primitivos: diferenças entre revisões

→‎Tipos primitivos: - Incluir arranjos
mSem resumo de edição
(→‎Tipos primitivos: - Incluir arranjos)
 
Constantes literais do tipo float podem ser identificadas no código Java pelo sufixo f ou F; do tipo double, pelo sufixo d ou D.
 
== Arranjos ==
 
Arranjos são agregados homogêneos de valores que podem agrupar literais ou objetos. A declaração de um arranjo, como
<pre>
int array1[];
</pre>
apenas cria uma referência para um arranjo de inteiros — porém o arranjo não foi criado.
 
A área de memória para armazenar os elementos de um arranjo é criada com o operador '''new''':
<pre>
array1 = new int[100];
</pre>
 
Essa expressão cria espaço para armazenar 100 inteiros em um arranjo, que será referenciado pelo nome array1.
 
As duas expressões poderiam ter sido combinadas em uma sentença incluindo a declaração e a criação de espaço:
<pre>
int array1[] = new int[100];
</pre>
 
Arranjos podem ser alternativamente criados com a especificação de algum conteúdo:
<pre>
int array2[] = {2, 4, 5, 7, 9, 11, 13};
</pre>
 
O acesso a elementos individuais de um arranjo é especificado através de um índice inteiro. O elemento inicial, assim como em C e C++, tem índice 0. Assim, do exemplo acima, a expressão
<pre>
int x = array2[3];
</pre>
faz com que a variável x receba o valor 7, o conteúdo da quarta posição.
 
O acesso a elementos do arranjo além do último índice permitido — por exemplo, a array2[7] — gera um erro em tempo de execução, ou uma exceção. A dimensão de um arranjo pode ser obtida através da propriedade '''length''' presente em todos os arranjos. Assim, a expressão
<pre>
int y = array2.length;
</pre>
faz com que y receba o valor 7, o número de elementos no arranjo array2.
46

edições