Diferenças entre edições de "Livro base - Curso de fotografia/Câmera/Componentes"

m
sem resumo de edição
m
Assim como vimos na abertura, as escalas que temos nas câmeras trabalham com 1/3 de um stop:
 
{|style="text-align:center; font-size:80%;" align ="center" cellspacing="0" cellpadding="5" border="1"
|-bgcolor="#BDE8EF"
|style="background:#CCFFCD;"| 2 || 2.2 || 2.5 ||style="background:#CCFFCD;"| 2.8 || 3.2 || 3.5 ||style="background:#CCFFCD;"| 4 || 4.5 || 5.0 ||style="background:#CCFFCD;"| 5.6 || 6.3 || 7.1 ||style="background:#CCFFCD;"| 8 || 9 || 10 || style="background:#CCFFCD;"|11 || 13 || 14 ||style="background:#CCFFCD;"| 16 || 18 || 20 ||style="background:#CCFFCD;"| 22 || 25 || 29 ||style="background:#CCFFCD;"| 32
Lembra que falamos da abertura máxima de uma lente? Então, aqui vemos que essa escala em algumas lentes rápidas poderiam ir até mais para a esquerda; assim essa escala é variável, e depende das lentes, quanto mais rápida, mais números a esquerda aparecerão. Um exemplo, a lente Canon EF 50mm f/1.2L USM, vai de f/1.2 até o f/16, assim se colocarmos essa lente, aparecerá nas nossas câmeras a escala:
 
{|style="text-align:center; font-size:85%;" align ="center" cellspacing="0" cellpadding="5" border="1"
|-bgcolor="#BDE8EF"
|1.2||style="background:#CCFFCD;"| 1.4 || 1.6 || 1.8 ||style="background:#CCFFCD;"| 2 || 2.2 || 2.5 ||style="background:#CCFFCD;"| 2.8 || 3.2 || 3.5 ||style="background:#CCFFCD;"| 4 || 4.5 || 5.0 ||style="background:#CCFFCD;"| 5.6 || 6.3 || 7.1 ||style="background:#CCFFCD;"| 8 || 9 || 10 || style="background:#CCFFCD;"|11 || 13 || 14 ||style="background:#CCFFCD;"| 16
 
;Efeitos
O olho tem uma certa precisão, a gente consegue distinguir certas coisas, em certas distâncias, a isso damos nome de acuidade visual, e você provavelmente já passou por um teste de acuidade:
 
[[Imagem:Snellen chart.svg|300px|center]]
 
Né? Então, eleEle mostra o quanto o seu olho consegue distinguir dois pontos, em certa distância. Essa capacidade de distinção é a "nitidez". Deixamos pequeno para veremvirem que depois da faixa verde, começa a dar aquela sensação de "ei, está embaçado", ou seja, não está nítido. A qualidade de ser nítido é exatamente distinguir com clareza dois ou mais elementos.
 
[[Imagem:Claude Monet The Studio Boat.jpg|150px|center]]
[[Imagem:Lemmen2.jpg|600px|center]]
 
Esse efeito de vermos de forma praticamente nítida quando a imagem está "longe" ou "pequena", se dá pela acuidade visual, ou seja, o quanto os seus olhos conseguem distinguir dois pontos. E você provavelmente já passou por um teste de acuidade:
 
[[Imagem:Snellen chart.svg|300px|center]]
 
Né? Então, ele mostra o quanto o seu olho consegue distinguir dois pontos, em certa distância. Essa capacidade de distinção é a "nitidez". Deixamos pequeno para verem que depois da faixa verde, começa a dar aquela sensação de "ei, está embaçado", ou seja, não está nítido. A qualidade de ser nítido é exatamente distinguir com clareza dois ou mais elementos.
 
E as duas escolas citadas, pontilhismo e naturalismo, utilizam essa falta de capacidade humana de distinguir pontos em certa distância ou com certo tamanho para criar as imagens. A fotografia também! A fotografia é praticamente um pontilhismo em níveis ridículos, veremos mais abaixo como a gente transforma luz em arte, mas saibam que tanto na fotografia digital, como na analógica, usamos pontos pequenos para criarmos nossas imagens.