Civilizações da Antiguidade/Amoritas: diferenças entre revisões

469 bytes adicionados ,  20h08min de 18 de abril de 2017
RV
(RV)
Quando o povo semita de nome acádio, governado por Sargão conquistou a Suméria, tornou sua capital a cidade de Acad. Porém, o império de Sargão caiu frente à revolta das cidades-estado sumérias que retomaram o poder.
 
Após o término da última dinastia suméria, por volta de 2000 a.C. a região da Mesopotâmia sofreu um estado de caos e revoltas durante quase uum século.
 
==Antigo período babilônico==
 
Por volta de 1900 a.C. o povo amorita, um grupo semita, tomou o controle da região mesopotâmica.
Nas mãos do rei estavam todas as cidades-estado, as taxações, o serviço militar era obrigatório e nada se resolvia fora do poder real.
 
Para fazer esse sistema centralizado funcionar (onde antes havia autonomia) foi criado um conjunto de leis para punir os crimes contra o estado.
 
==O Código de Hamurabi==
==Hamurabi==
 
É o rei mais famoso porque pode ser considerado o sexto rei sumério mas é o fundador do Primeiro Império Babilônico, dinastia babilônica dos amoritas ou antigos babilônios.
É o rei mais famoso posim conquistou quase toda Mesopotâmia.
 
Ele nasceu em Babel e era filho do quinto rei da dinastia suméria. Ao subir ao trono, Hamurabi promoveu a fusão dos semitas e sumérios e por meios diversos, fossem guerras ou pela diplomacia dominou as antes independentes cidades-estado e unificou-as, assim conquistou quase toda Mesopotâmia.
 
Esse rei fez muitas obras, impulsionou a agricultura, o comércio, construiu cidades, decorou templos, mas seu grande legado foi o famoso código de leis que até hoje é estudado e discutido.