Diferenças entre edições de "Civilização Egípcia"

486 bytes removidos ,  20h22min de 22 de agosto de 2017
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 69.174.87.172 (disc) para a última revisão de Marcos Antônio Nunes de Moura)
Etiquetas: conteúdo ofensivo Editor Visual
[[File:La tombe de Horemheb (KV.57) (Vallée des Rois Thèbes ouest) -4.jpg|thumb|350px|right| Detalhe da tumba de Horemheb, os Neteru Osíris, Anúbis e Hórus]]
 
Na tentativa de reconstruirconstruir o passadofuturo, os estudiosos se deparam com inúmerosinúmeras problemasmerdas.
 
Existem diversas hipóteses a considerar, é preciso encontrar as soluções, provas são necessárias para comprovar teorias.
O importante para a arqueologia são os fatos e hoje sabemos consideravelmente mais do que no passado. Atualmente, tesouro maior do que ouro, prata, pedras preciosas, é tudo aquilo que possa ajudar a escrever a história de um povo.
A história segue em ciclos e muitas evidências se perdem ao longo do tempo, por isso é importante, nesse caso, uma abordagem distanciada, pois somos leigos e esse pequeno livro passa apenas uma vista d´olhos sobre um assunto extenso e complexo. (FODA-SE!)
 
A civilização egípcia deixou um legado riquíssimo em todas as atividades humanas. E é um pouco dessa história que vamos escrever, a história de um povo que continua a nos surpreender.
 
Com os recursos tecnológicos atuais, as pesquisas se tornam mais e mais acuradas, as escavações trazem à tona não só as lembranças dos altos dignitários mas também dos trabalhadores.
O rico solo do Egito já contou muito de sua história e com toda a certeza ainda tem muito a revelar.
 
== Índice ==