A história do Japão da Cambridge/O século da reforma: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
 
''Silla'', o terceiro maior reino da peninsula coreana e um dos mais distantes da ''China'', não enviou imediatamente tributos à ''Corte de Sui'' e, além disso, tentou fortalecer suas defesas militares, aparentemente compartilhando o temor de ''Koguryo'' de que ''Wen-ti'' logo procuraria restaurar o controle sobre toda a península coreana. Ao responder ao renascimento do império chinês da mesma forma que ''Koguryo'', ''Silla'' continuava a agir como um membro da antiga aliança do norte (''Aliança Silla-Koguryo''). Para o Japão dos ''Yamato'' ''Paekche'' se tornou seu principal aliado enquanto ''Silla'' se colocava como o maior obstáculo para que obtivesse um pé na peninsula.
 
Após o primeiro contato com a ''Corte de Sui'', a história da ''Dinastia Yamato'' foi influenciada em vários tipos de atividades: como o uso das técnicas administrativas chinesas para aumentar o poder do Estado e a introdução de várias formas de aprendizado chinês. Embora a mudança administrativa estivesse diretamente relacionada à reforma do ''século VII'', a mudança cultural - especialmente aquela ligada à adoção oficial e difusão do ''budismo'' - parece ter dado ao ''Iluminismo Asuka'' seu caráter básico.
 
====Apoio oficial ao Budismo====
Os primeiros e mais brilhantes raios do Iluminismo emanaram das atividades dos sacerdotes imigrantes que participavam das construções dos templos como mestres artesãos (carpinteiros de templos, fabricantes de telhas e telhados, artistas muralistas, escultores e entalhadores de madeira), fornecendo experiência para construir e equipar os quarenta e seis complexos budistas construídos durante o ''Período Asuka''. Esses complexos incluíam três famosos: o ''Asuka-dera'', o ''Arahaka-ji'' e o ''Ikaruga-ji''. Muitos destes sacerdotes imigrantes – também eram estudiosos de formas não-budistas de aprendizado como confucionismo, lei chinesa e literatura e história chinesas – fizeram contribuições cruciais para o ''Iluminismo Asuka''.
 
Grandes obras de arte Asuka criadas por sacerdotes estrangeiros e preservadas como tesouros nacionais japoneses incluem (1) a tríade ''Shaka'' (''Shaka sanson''): a estátua de ''Shaka'' no estilo nortista de ''Wei'' e dois assistentes ''bodhisattvas'' construídos em 623; (2) uma estátua de madeira em pé de ''Kannon'' (conhecida como ''Kudara Kannon'') com características do sul da China e provavelmente feita durante a primeira metade do sétimo século; (3) pinturas nas laterais de um pequeno altar em laca (o ''Tamamushi no zushi''); e (4) uma estátua do ''Buda da Cura'' (''Yakushi nyorai'') que contém uma inscrição declarando que a estátua foi completada em 607. Todos esses tesouros nacionais são mantidos em ''Horyu-ji'' (antes de ser reconstruído em algum momento no ''século VII'' era chamado de ''Ikaruga-ji''), uma representação institucional verdadeiramente notável do ''Iluminismo''.
 
{{referências|Notas}}
99

edições