Judaísmo/História do Judaísmo: diferenças entre revisões

m
"à outros" não existe.
[revisão pendente][revisão pendente]
m (Foram revertidas as edições de 187.108.175.118 (disc) para a última revisão de Marcos Antônio Nunes de Moura)
m ("à outros" não existe.)
 
Ainda que o judaísmo só vá ser chamado como tal apenas após o retorno do Cativeiro em Babilônia, de acordo com a tradição judaico-cristã a origem do judaísmo estaria associada ao chamado de Abraão à promessa de YHWH. Abraão, originário de Ur, teria sido um defensor do monoteísmo em um mundo de idolatria, e pela sua fidelidade à YHWH teria sido recompensado com a promessa de que teria um filho, Isaque, do qual levantaria um povo que herdaria a Terra da promessa. Abraão é chamado de primeiro hebreu (do hebraico עִבְרִי ''ivrit'' ''aquele que vem do outro lado''),e passa à viver uma vida nômade entre os povos de Canaã.
 
De acordo com a Torá , YHWH não seria apenas o Senhor de Israel, mas sim o Princípio Uno que criou o mundo, e que já havia se revelado àa outros justos antes de Abraão. Mas com Abraão inicia-se um pacto de obediência, que deveria ser seguido por todos os seus descendentes se quisessem usufruir das bençãosbênçãos de YHWH. Alguns rituais tribais são seguidos pelos membros da família de Abraão que depois serão incorporados à legislação religiosa judaica.
 
Alguns estudiosos no entanto crêemcreem que YHWH trata-se de uma divindade tribal, que apenas posteriormente será elevada ao status de Deus único. A questão é que com a libertação dos descendentes de Israel da terra do Egito pelas mãos de Moisés, será organizado pela primeira vez o culto àa esta Divindade. Ao contrário de outras religiões antropomórficas, YHWH é tido como uma figura transcendente, toda-poderosa, ilimitada, o qual influencia a sociedade humana, e que revela aos israelitas sua Torá que consistiriam em mandamentos de como ter uma vida justa diante de YHWH. A religião mosaica só atingirá sua maturação com o início da monarquia israelita e sua subsequente divisão em dois reinos: Yehuda (Judá) e Yisrael (Israel). Esta divisão marcará uma separação entre os rituais religiosos dos reinos do norte e do sul, que permanecem até hoje, entre o judaísmo e o judaísmo samaritano.
 
No entanto, a visão histórica e bíblica mostram que esta religião mosaica não era única e exclusiva . Durante todo o período pré-exílio as fontes nos informam que os israelitas serviam diversas outras divindades, dos quais os mais proeminente era [[Baal]] . Enquanto a maioria dos religiosos aceita que na verdade a mistura entre os israelitas e os cananitas após a conquista de Canaã tenha corrompido a religião israelita, a maioria dos estudiosos prefere aceitar que o mosaismo era apenas mais uma das diversas crenças entre as tribos israelitas, e que só virá a se firmar com os profetas e com o exílio.
[[Ficheiro:1759_map_Holy_Land_and_12_Tribes.jpg|left|thumb|250x250px|
Divisão tradicional da terra de Canaã entre as Doze Tribos
]]
A hierarquia e os rituais de culto mosaico serão firmemente estabelecidos com a monarquia, onde serão elaboradas as regras de sacerdócio e estabelecidos os padrões do culto com a construção do Templo de Jerusalém. Este novo local de culto ,substituto do antigo Tabernáculo portátil de Moisés,serviu como centro da religião judaica, ainda que em meio àa outros cultos estrangeiros.
 
=== Exílio em Babilônia e o início da Diáspora ===