Civilizações da Antiguidade/Civilização Egípcia: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
[edição verificada][revisão pendente]
m (Foram revertidas as edições de 2804:14C:8780:B6D5:F8E3:D768:68C5:9A48 (disc) para a última revisão de AlvaroMolina)
Etiqueta: Reversão
Sem resumo de edição
O novo império deve ser mencionado, além de muitas outras coisas, pelo fato dos sepultamentos passarem a ser no Vale dos Reis, pelas artes, pelos templos e pela avançada medicina. Se formos nomear os faraós, essa é talvez a fase mais rica do Egito em grandes governantes, como Hatshepsut (a rainha-faraó),Thutmose III o grande líder militar que expandiu as fronteiras, Ramsés II, Thutankamon (que na verdade não foi importante enquanto vivo mas que, depois de morto nos legou uma grande riqueza e saber). Além de todos o faraó Akhenaton, que rompeu com a religião estabelecida e construiu outra cidade para seu culto a Aton, o deus sol.
 
A decadência do novo império começou ainda no reinado de Ramsés II, as invasões dos povos do mar, a Guerra de TróiaTroia com consequente movimentação de pessoas fugindo, a riqueza e poder dos sacerdotes, a corrupção e a fome, tudo isso levou à derrocada de uma das mais belas fases da história egípcia.
 
[[Image:Egypte louvre 063 crosse.jpg|thumb|160px|right|o rei núbio Taharka representado como esfinge]]