Diferenças entre edições de "Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn/Vista parcial da Praça da Sé. São Paulo-Sp. 02, Acervo do Museu Paulista da USP"

 
As mudanças significativas da capital criaram um ambiente propício para que São Paulo se tornasse um centro de influências social e economicamente. A expansão da capital de determinou padrões de moradia perceptivelmente representados pelas distintas modalidades de edifícios, influenciando diretamente nas inusitadas formas de convivência urbana que se originaram a partir desse processo. Tais transformações definiram um padrão de vida para os moradores e pessoas que se deslocavam para o centro urbano a trabalho. A verticalização e a horizontalização da capital representadas na fotografia tematizam o crescimento e a modernidade, elas aparecem não só no planejamento urbano, como também nos setores econômico, automobilístico e publicitário apresentados na fotografia de Werner Haberkorn.
 
'''Referências'''
 
1. SAMAIN, Etienne. Como Pensam as Imagens. 1ª edição. Editora Unicamp, 2012.
 
2. LIMA, Solange. A Cultura Metropolitana nas Fotografias de Werner Haberkorn, 2014.