Diferenças entre edições de "Marcas nas fotografias de Werner Haberkorn/Rua Cons. Crispiniano - Livr. da Imprensa de A. Annunziato - São Paulo Fotolabor"

Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
O italiano Antônio Annunziato começou, em 1917, importando jornais e revistas do Rio de Janeiro e da Europa. Aos poucos, atendendo à clientela imigrante, passou a vender livros em italiano.
 
Antônio Annunziato era um grande amigo de São Paulo, terra que adotou como sua, prestando-lhe durante mais de cinquenta anos de profissão e atividade nos mais assinalados serviços, particularmente no campo da cultura. Livreirolivreiro desde 1917, quando fundou a sua casa de vendas de livros ao lado do antigo Café Brandão, onde depois foi construído o grande prédio Martinelli, Annunziato dedicou-se com afinco as revistas do país, o que correspondia ao interesse nacional à distribuição na capital paulista,.
 
Naquele tempo tinhaa importação de jornaisrevistas vindo do Rioexterior de Janeiro,não taisera corno:tão "Ocomum Imparcial"assim, "Acom Época"isso, "AAnnunziato Gazetaacabou dese Noticias"destacando enesse outrosmeio comocriando revistasuma dogrande Rioclientela eformada Almanaques,por egrande tambémparte foi a primeira livraria ade importarimigrantes jornaisque e revistascom doisso exterior. Aparentementeaparentemente o seu negócio teve sucesso, visto que chegou a ter três agências funcionando ao mesmo tempo.
 
;Referências
16

edições