Diferenças entre edições de "Estruturação de redes"

6 bytes removidos ,  20h19min de 17 de junho de 2019
sem resumo de edição
*'''Os tipos de cabos e categorias'''
*Os cabos talvez possam ser vistos ou considerados como o sistema de artérias, o sistema circulatório de uma rede, tamanha a sua importância. No passado, não existia uma grande preocupação com relação aos cabos e sim, com os demais equipamentos da rede. Hoje, já existe essa preocupação em um projeto bem elaborado, visto que é sabido que, grande parte dos problemas ocorridos em uma rede, são consequência de cabos  errados, mal instalados ou mal organizados. Com o surgimento da norma EIA/TIA-568 em 1991 e com o desenvolvimento da tecnologia, vários são os cabos que podem ser empregados em uma instalação, cada qual fabricado de acordo com as especificações técnicas exigidas e atendendo necessidades específicas. Tal norma classifica os cabos em categorias levando em consideração parâmetros como desempenho, atenuação, comprimento e largura de banda. Dentre essas categorias temos os cabos de pares trançados, os cabos coaxiais e as fibras ópticas. Todas essas categorias são ainda divididas individualmente em subcategorias. Para a transmissão de sinais, diversas grandezas físicas devem ser levadas em consideração para um funcionamento otimizado do sistema como um todo. Os cabos recomendados pela norma, visam atender de forma satisfatória a transmissão de sinais, levando em consideração também, tais grandezas físicas envolvidas. Para tanto a norma EIA/TIA 568, prevê as seguintes divisões dentro das categorias de cabos:
*'''Cabos coaxiais'''
*'''Cabos coaxiais''' RG58 - Impedância de 50 Ohms; RG59 - Impedância característica de 75 Ohms; Por ser de certa forma um cabo de performance reduzida, as revisões das normas estão abolindo o uso do cabo coaxial, em futuros projetos de redes de cabeamento estruturado, exceto talvez, em casos muito específicos como serviço de TV ou CATV.
*RG58 - Impedância de 50 Ohms;
*'''Cabos de par trançado''' UTP - Cabo de par trançado não blindado; STP - Cabo de par trançado blindado Cabos UTP e STP - Fonte internet Quanto ao desempenho, inicialmente a norma  a norma estabelecida três categorias, ainda hoje utilizadas: cat.3: Largura de banda de 16 MHz; cat. 4: Largura de banda de 20 MHz; cat. 5: Largura de banda de 100 MHz. Com o desenvolvimento tecnológico e o maior conhecimento a respeito de transmissão de dados por meio físico, novas categorias passam a ser desenvolvidas. Hoje as normas recomendam algumas outras categorias que vieram a ser desenvolvidas, a partir daquelas já existentes. cat. 5e: Largura de banda 125 MHz; cat. 6: Largura de banda de 250 MHz; cat. 6a: Largura de banda de  500 MHz; cat. 7: Largura de banda de 600 MHz; cat. 7a: Largura de banda de 1 GHz.
*RG59 - Impedância característica de 75 Ohms;
*'''Fibras ópticas''' Fibras monomodo; Fibras multimodo de 62,5/125um.
*'''Cabos coaxiais''' RG58 - Impedância de 50 Ohms; RG59 - Impedância característica de 75 Ohms; Por ser de certa forma um cabo de performance reduzida, as revisões das normas estão abolindo o uso do cabo coaxial, em futuros projetos de redes de cabeamento estruturado, exceto talvez, em casos muito específicos como serviço de TV ou CATV.
*'''Cabos de par trançado'''
*UTP - Cabo de par trançado não blindado;
*STP - Cabo de par trançado blindado .
*Quanto ao desempenho, inicialmente a norma  a norma estabelecida três categorias, ainda hoje utilizadas:
*cat.3: Largura de banda de 16 MHz;
*cat. 4: Largura de banda de 20 MHz;
*at. 5: Largura de banda de 100 MHz.
*Com o desenvolvimento tecnológico e o maior conhecimento a respeito de transmissão de dados por meio físico, novas categorias passam a ser desenvolvidas. Hoje as normas recomendam algumas outras categorias que vieram a ser desenvolvidas, a partir daquelas já existentes.
*cat. 5e: Largura de banda 125 MHz;
*cat. 6: Largura de banda de 250 MHz;
*cat. 6a: Largura de banda de  500 MHz;
*cat. 7: Largura de banda de 600 MHz;
*cat. 7a: Largura de banda de 1 GHz.
*'''Fibras ópticas'''
*Fibras monomodo;
*'''Fibras ópticas''' Fibras monomodo; Fibras multimodo de 62,5/125um.
*
*
8

edições