Diferenças entre edições de "Estruturação de redes"

2 bytes adicionados ,  03h29min de 1 de julho de 2019
O ato de se projetar refere-se a planejar ou organizar alguma coisa utilizando-se de um método que permita a criação de um modelo para suporte à tomada de decisões, esse modelo apresenta a descrição do método empregado, das considerações feitas e das especificações que estarão orientando a implementação do objeto real que se deseja obter.
 
'''PROJETO=== Projeto  DEde  REDES'''Redes ===
 
Portanto, o projetista tem que combinar ao mesmo tempo conhecimento tecnológico, sensibilidade para compreender as necessidades do cliente, visão estratégica para atender às demandas futuras e, é claro, muita criatividade para encontrar soluções eficazes e de baixo custo.
 
Antes de projetar, o profissional tem que analisar a situação da proposta. Um dos métodos de análise mais utilizados é o método top-down, criado na década de 70. Esse método consiste em identificar as decisões mais genéricas ou conceituais, que dizem respeito ao projeto como um todo, para serem tomadas no início deste, passando para as decisões mais específicas, próximas da implementação, no final do projeto. Assim, a prioridade recai nas características mais marcantes do projeto final, como sua natureza, estrutura ou funcionalidades básicas e, mais tarde, sobre as particularidades de implantação.
 
=== Estrutura  de  Redes ===
'''ESTRUTURA  DE  REDES'''
 
Confiabilidade: quanto maior a confiabilidade da estrutura, maior sua qualidade e estabilidade, mantendo sempre em funcionamento e contendo caminhos que podem ser seguidos caso aconteça uma falha ou manutenção.
 
2

edições