Sistemas Sensoriais/Córtex associativo: diferenças entre revisões

83 bytes adicionados ,  06h52min de 26 de agosto de 2019
m
Add external links
m (Fix spelling errors)
m (Add external links)
 
O nosso conhecimento do papel dos Córtices Associativos humanos é bastante limitado. A maior parte das inferências em relação às suas funções resultam de observações de pacientes com lesões corticais. Estas inferências foram subsequentemente verificadas ao observar padrões de atividade neuronal em regiões homólogas em cérebros de animais experimentais e humanos.<ref name=Sinauer />. Ao longo das últimas décadas, o desenvolvimento de tecnologias como TEP ([[w:Tomografia_por_emissão_de_positrões|tomografia por emissão de positrões]]), IRM ([[w:Imagem_por_ressonância_magnética|imagiologia por ressonância magnética]]), EEG ([[w:Eletroencefalografia|eletroencefalografia]]), EMT ([[w:Estimulação_magnética_transcraniana|estimulação magnética transcraniana]]), EET ([[w:Estimulação_transcraniana_por_corrente_contínua|estimulação elétrica transcraniana]]), MEG ([[w:Magnetoencefalografia|magnetoencefalografia]]) e EIVP ([[wikipedia:Near-infrared_spectroscopy|espectroscopia no infra-vermelho próximo]]) têm permitido avanços significativos da nossa compreensão da base neuronal do controlo cognitivo.<ref name=Rosen>Gazzaley, A. and L.D. Rosen, The distracted mind: ancient brains in a high-tech world. 2016, Cambridge, MA: MIT Press.</ref>.
O córtex de associação parietal geraé responsável apela atenção e consciência perceptual. Pacientes com lesões nos lóbulos experienciam uma incapacidade de compreender objetos no espaço, embora os seus sistemas visual, somato-sensorial e motor estejam intactos. Esta condição é conhecida como "[[wikipedia:Hemispatial_neglect|Síndrome da Negligência contra-lateral]]"<ref name=Sinauer />. O córtex parietal, e mais especificamente, o lóbulo parietal inferior, é a principal (mas não a única) parte do cérebro capaz de mediar a atenção<ref name=Sinauer />.
 
O córtex de associação temporal égere responsável peloo reconhecimento e identificação dodos estímuloestímulos. Ao contrário dos pacientes com síndromes de negligência, pacientes com danos no córtex temporal estão conscientes dos objectos no lado contra-lateral da lesão, mas apresentam dificuldades em reconhecê-los e identificá-los pelo nome<ref name=Sinauer />. Estes transtornos são geralmente conhecidos como “agnosias”. Danos numa parte particular do córtex temporal inferior resulta numa incapacidade de reconhecer faces, uma condição conhecida como "[[w:Prosopagnosia|Prosopagnosia]]"<ref name=Sinauer />.
 
O córtex de associação frontal é responsável pelo planeamento e tomada de decisões. Gere uma gama de funções mais vasta do que qualquer outra região neo-cortical<ref name=Sinauer /> e integra informação de córtices sensoriais e motores, bem como dos córtices de associação temporal e parietal <ref name=Sinauer />. No ser humano, o córtex frontal foi a estrutura cerebral que mais evoluiu desde os nossos antepassados<ref name=Rosen />, em particular, o [[w:Córtex_pré-frontal|córtex pre-frontal]]. O córtex pré-frontal assume um papel fundamental no controlo cognitivo <ref name=Rosen />, e gere o que geralmente se designa por “personalidade” do indivíduo <ref name=Sinauer />.
 
[[File:Evolution of the prefrontal cortex.jpg|thumb|center|alt=Evolution of the prefrontal cortex|O córtex pré-frontal humano evoluiu muito mais do que em outras espécies.]]
147

edições