506 bytes adicionados ,  29 de maio de 2007
sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
{{NavUserEX|Sou-Chan}}
 
=== ApresentaçãoQuem preliminarsou? ===
Tenho 20 anos e sou natural de Lisboa, embora resida em Roterdão, Holanda. Suspendi os meus estudos na área da Acção Social para me dedicar a uma educação completamente autodidacta, construindo um corpo de conhecimentos sólido a partir das áreas que mais me apaixonam. Sou aprendiz de filósofo, em busca de respostas e mais questões.
 
=== Interesses ===
Natural de Lisboa, vivendo actualmente em [[Wikipedia:Rotterdam|Rotterdam]], Holanda. Tenho 20 anos. Devido à inesperada transição geográfica, interrompi os meus estudos na área da Acção Social. No entanto, sou autodidacta em várias áreas, de entre as quais posso referir a Neurociência, Filosofia, Psicologia e História. Não aspiro activamente a uma educação superior, visto manter uma posição que defende que as Universidades dos nossos dias se tornaram instrumentos moduladores dos individuos. Considero, no entanto, que a Universidade retém a sua capacidade enquanto centro de actividade intelectual, altamente capaz no domínio da pesquisa.
Possuo uma vasta rede de interesses, de onde posso destacar a Filosofia, a Neurociência, a Medicina e a História. Na Filosofia, a Metafísica, a Filosofia da Mente, a Filosofia da Religião, a Ética e a Filosofia Política são as áras que mais me seduzem. A Neurociência atrai-me, tanto na sua aplicação científica como na sua aplicação clínica, o que nos leva à Medicina, cuja área que mais me seduz é a Neurologia e a Psiquiatria. Quanto à História, o período pelo qual nutro mais interesse é o período Clássico.
 
 
== Interesses ==
 
A riqueza interior do ser humano. A busca pela sua interpretação e compreensão. Por inerência, interesso-me pela Neurociência, que visa o estudo das relações entre o Sistema Nervoso e variadíssimos factores, pela Filosofia, pela qual procuro entender as questões subjacentes ao ser humano e à sua riqueza e produção enquanto ser que procura respostas e mais perguntas, pela Psicologia, e pela História, onde se pode procurar entender o comportamento humano através do tempo. Apesar de estas quatro disciplinas pautarem maioritariamente as minhas motivações, a Ciência Social e a Medicina atraiem-me, em geral.
 
<div style="font-size:100%">
Um projecto com enorme potencial, e possibilidades infinitas. Contribuí inicialmente com o [[Wikiversidade/História|Projecto Educativo de História]], e agora que estou de volta irei contribuir no [[Wikiversidade/Psicologia|Projecto Educativo de Psicologia]] e nos campos da Medicina, Neurociência e Filosofia, entre outros campos. Neste momento, encontro-me a adaptar páginas de introdução (páginas de ajuda a novos utilizadores, políticas educativas, etecetera) da Wikiversidade em Língua Inglesa.
 
Estou neste momento a contribuir activamente para o projecto de Filosofia:
 
*[[Wikiversidade/Filosofia|Instituto de Filosofia]]
== Contacto ==
**[[Wikiversidade/Filosofia/Departamento de Filosofia|Departamento de Filosofia]]
 
Além da página de discussão disponível através do Wikibooks, posso ser contactado através do email/msn address soujiro.chan@gmail.com .
 
== Citação ==
 
''"Até que os filósofos sejam reis, ou que os reis e príncipes deste mundo tenham o espírito e a capacidade da filosofia e que a grandeza política e a sabedoria se combinem, e que as naturezas mais comuns se dediquem a uma destas sem descuidar da outra , as cidades nunca terão tréguas em seus males, nem a raça humana, conforme creio - e só então terá este nosso Estado uma possibilidade de vida e de contemplar a luz do dia"''. [[Wikipedia:Plato|Platão]] in ''A Républica''
 
''Deus está morto! Deus permanece morto! E quem o matou fomos nós! Como haveremos de nos consolar, nós os algozes dos algozes? O que o mundo possuiu, até agora, de mais sagrado e mais poderoso sucumbiu exangue aos golpes das nossas lâminas. Quem nos limpará desse sangue? Qual a água que nos lavará? Que solenidades de desagravo, que jogos sagrados haveremos de inventar? A grandiosidade deste acto não será demasiada para nós? Não teremos de nos tornar nós próprios deuses, para parecermos apenas dignos dele? Nunca existiu acto mais grandioso, e, quem quer que nasça depois de nós, passará a fazer parte, mercê deste acto, de uma história superior a toda a história até hoje!'' — [[Wikipedia:Nietzsche|NIETZSCHE, Friedrich]]. A Gaia Ciência, §125.
 
''Se queres conversar comigo, define primeiro os termos que usas'' - [[Wikipedia:Voltaire|Voltaire]]
188

edições