Utilizador Discussão:Jorge Morais/Arquivo LQT 1: diferenças entre revisões

(→‎Re: PDF: nova secção)
 
::Bem, se acha que podemos desbloquar estas páginas, tudo bem, vamos ver se não vão mais atacá-las... Acho prudente manter as páginas protegidas que são de uso da organização do projeto ainda bloqueadas, não acho que seja boa idéia mantê-las modificáveis, pois isto lança dúvidas sobre a confiabilidade das mesmas. Acho até mesmo que certas páginas que regulamentam algumas coisas, como a página de administradores, deveriam estar bloqueadas por este motivo. Alguém que não conhece o projeto pode pensar: "Ah!!! Isto não tem valor... Qualquer um pode colocar o nome aqui...". {{=S}} --[[Usuário:Marcos Antônio Nunes de Moura|Marcos A. N. de Moura]] 23h52min de 15 de Dezembro de 2007 (UTC)
 
:::Veja jota, o efeito de uma página semi-protegida sobre as edições só afeta '''anônimos''', isto quer dizer que se alguém quiser fazer alguma coisa nas páginas terá que estar autenticado, apenas isto... uma operação que não leva nem 10 segundos, não é nada tão restritivo assim, amenos que o ''fulano'' não queira se identificar. O mecanismo de login assegura, juntamente com o bloqueio de utilizador e a proteção de páginas contra anônimos, ações de controle sobre indivíduos mal intencionados. Não adianta bloquear um login se o cara pode fazer o que quiser quando está anônimo.
:::Como já disse uma vez e repito: se quiser desbloquear as páginas semi-protegidas pode fazê-lo, mas apenas quero que saiba que, para quem entra no projeto se autenticando, o fato da página estar semi-protegida ou não simplesmente não importa... Só anônimos não vão poder editá-la. Considero que alguém que se recusa veementemente a se autenticar não é alguém confiável. --[[Usuário:Marcos Antônio Nunes de Moura|Marcos A. N. de Moura]] 00h39min de 18 de Dezembro de 2007 (UTC)
 
== POTY ==