História e epistemologia da Física/Porque História e Epistemologia da Física?: diferenças entre revisões

 
CRONOLOGIA GERAL;
Antiguidade;
 
Antiguidade
Os egípcios e mesopotâmios afirmam que a água, o ar e a terra são os elementos primários da natureza: os gregos acrescentam o fogo em 380 a.C.
Atomismo - Cerca de 480 a.C.: Leucipo de Mileto, e Demócrito, de Abdera, elaboraram a hipótese de a matéria ser constituída por átomos.
 
IDADE MODERNA�Eletromagnetismo ;
 
1600 : o inglês William Gilbert publica De magnete, sobre eletricidade e magnetismo.
1745: o alemão Ewald Jürgen von kleist inventa o capacitor elétrico - garrafa de Leyden.
1687: Newton publica Philosophiae naturalis principia mathematica, em que enuncia a lei da gravitação universal e resume suas descobertas.
1738: o suíço Daniel Bernoulli publica estudos sobre a pressão e a velocidade dos fluidos.
Óptica - 1648: o holandês Villebrordus Snellius descobre a lei da refração da luz. 1671: o alemão Wilhem Leibniz propõe a existência do éter .
1671: o alemão Wilhem Leibniz propõe a existência do éter .
1676: o dinamarquês Olaus Römer descobre que a velocidade da luz é finita.
1678: Huygens descobre a polarização da luz.
1690: Huygens formula a teoria ondulatória da luz.
Idade Contemporânea, Eletromagnetismo;
1811: o inglês Humphry Davy inventa o arco elétrico.
1819: o francês Auguststin Fresnel desenvolve a teoria ondulatória da luz.
1820: o francês André-Marie Ampère formula leis da eletrodinâmica.
* Laplace calcula a força eletromagnética.
* Os franceses Jean-Baptiste Biot e Félix Savart medem a indução criada por uma corrente.
* Oersted descreve o desvio produzido pelas correntes elétricas sobre a agulha da bússola..
1821: o inglês Michael Faraday descobre os fundamentos da indução eletromagnética.
1827: o alemão Georg Ohm formula a lei que relaciona o potencial, a resistência e a corrente elétrica.
1831: Faraday descobre a indução eletromagnética.
* James Maxwell afirma o caráter eletromagnético da luz.
1833: o russo Heinrich Lenz determina a lei de sentido das correntes induzidas.
1834: Faraday formula as leis da eletrólise. Wheatstone descobre o processo para medir a velocidade de uma carga elétrica num campo condutor.
1839: o francês Antoine Becquerel descobre a célula fotovoltaica.
1846: o alemão Ernest Weber constrói o primeiro eletrodinamômetro, para medir a força de atração entre cargas elétricas.
1851: o alemão Franz Ernst Neumann formula a lei da indução eletromagnética.
1855: o francês Leon Foucault descobre as corrente induzidas nos condutores metálicos.
1865: o inglês James Clerk Maxwell expõe a teoria eletromagnética da luz.
1880: James Wimshurt, inglês inventa o gerador eletrostático.
1881: o inglês James Alfred Ewing e o alemão Emil Warburg descobrem a histeresse magnética (campo residual de um objeto ferromagnético).
1884: o americano Thomas Edison faz a primeira válvula eletrônica.
1887: o alemão Heirich Rudolf Hertz descobre o efeito fotoelétrico.
1888: trabalhando separadamente, Hertz e Oliver Lodge estabelecem que as ondas de rádio pertencem à mesma família das ondas de luz.
1895: Jean-Baptiste Perrin, francês demonstra que os raios catódicos transportam eletricidade negativa. * O alemão Wilhelm Röntgen descobre os raios X.
1896: Ernest Rutherford, da Nova Zelândia, descobre o processo de detecção magnética das ondas eletromagnéticas.
1902: Oliver Heaviside, inglês afirma existir uma camada altosférica que favorece a refração das ondas de rádio.
1910: a polonêsa Marie Sklodowska Curie publica o Traité sur la radiographie, em que sintetiza as pesquisas feitas com seu marido, Pierre Curie, e com seu aluno Langevin.
1913: o alemão Johannes Stark descobre a ação do campo elétrico sobre a luz .
1923: o americano Louis Bauer analisa o campo magnético da Terra.
1932: o americano Robert van de Graaeff constrói a primeira máquina eletrostática.
1948: os americanos John Bardeen, Walter Brattain e William Shokley formulam a teoria do transistor e constroem os primeiros modelos.
1955: o Instituto de Tecnologia de Massachusetts(MIT), EUA produz as primeiras ondas de freqüência ultra-rápida.
1905: Lee de Forest, americano, inventa o tríodo, a válvula eletrônica de três elementos.
1986: Bednorz e K.A. Müller produzem um supercondutor a "alta" temperatura (material que, sob temperaturas baixas, mas não tão baixas como as dos supercondutores puros, apresenta resistividade elétrica nula).
 
Física de partículas;
1895: o holandês Hendrik Lorentz desenvolve um modelo atômico que permite explicar a estrutura fina dos espectros atômicos.
1911: o americano Robert Millikan mede a carga do elétron.
1912: o escocês Charles Wilson torna visíveis os caminhos de partículas eletricamente carregadas em câmaras com gás ionizável.
1913: o dinamarquês Niels Bohr formula a teoria da estrutura atômica segundo a teoria quântica.
* O inglês James Frank e o alemão Gustav Herta criam o conceito do nível de energia do elétron dentro do átomo.
1925: o americano Samuel Goldsmith e o dinamarquês George Uhlenbeck definem o spin do elétron.
1927: os americanos Thompson, Clinton Davisson e Lester Germer produzem a difração de elétrons.
1930: o holandês P.J. Debye usa os raios X para investigar a estrutura molecular.
1931: o americano Ernest Lawrence desenvolve o ciclotron, instrumento para a aceleração de partículas carregadas.
1932: os americanos Carl Anderson e Robert Milikan e o inglês James Chadwick descobrem o neutrino e o pósitron.
Em 1932 o inglês John Cockcroft e o irlandês Ernest Walton constroem um acelerador de partículas.
1934: o japonês Hideki Yukawa formula a teoria da existência do méson.
1936: o americano Anderson e o alemão Neddermeyer observam na prática o méson.
1936: o italiano Enrico Fermi bombardeia elementos químicos pesados com nêutrons, produzindo elementos mais pesados que os existentes na natureza
1983: o Centro de Pesquisas Nucleares de Genebra, na Suíça, descobre uma partícula (o bóson intermediário Z) que confirma a teoria da unificação da força eletromagnética e nuclear fraca.
Física Nuclear ;
1876: o inglês William Crookes usa pela primeira vez o termo "raio catódico".
1890: o francês Paul Villard idêntifica os raios gama.
* Ernest Rutherford e o inglês Frederick Soddy conceituam as famílias radiativas.
1896: o francês Henri Becquerel descobre a radiatividade. Rutherford descobre os raios alfa e beta produzidos nos átomos radiativos.
1899: os alemãos Julius Elster e Hans Geitel determinam os períodos dos radio elementos.
1913: o alemão Hans Geiger inventa um aparelho elétrico para contar os raios alfa.
*Soddy cunha o termo "isótopo".
* O inglês Henry Moseley relaciona o número atômico de um elemento a seu espectro de raios X.
1919: o inglês Francis Aston aperfeiçoa o espectrógrafo de massa e define o fenômeno da isotopia.
1927: o austríaco Erwin Schrödinger aplica a mecânica ondulatória à teoria atômica.
1928: os alemães Hans Geiger e Walter Müller inventam o contador Geiger para medir a radiatividade.
1934: o casal francês Frédéric e Irène Joliot-Curie descobre a radiatividade artificial
1938: os alemães Otto Hahn e Fritz Strasmann descobrem a fissão nuclear.
1941: inicia-se nos EUA, o Projeto Manhattan, para a construção da bomba atômica.
1942: Fermi coordena, em Chicago, EUA, a construção do primeiro reator nuclear.
1945: a primeira bomba atômica é detonada pelos EUA em Alamogordo, Novo México , em 16/7.
* 6/8 os EUA lançam a bomba atômica sobre Hiroshima . *9/8, sobre Nagasáqui.
1952: os EUA explodem a primeira bomba de hidrogênio, no Oceano Pacífico, e no ano seguinte a URSS explode a sua.
1956: o Laboratório de Los Alamos, nos EUA, detecta o neutrino.
1967: a China explode sua primeira bomba de hidrogênio.
1982: na Universidade de Princeton, EUA, é realizada a primeira fusão nuclear controlada, por 5 segundos, a 100.000º C .
1988: Eric Storm testa com êxito um novo método de fusão atômica que gera polêmica no meio científico .
1989: o inglês Martin Fleishmann e o americano Stanley Pons afirma ter obtido fusão nuclear à temperatura ambiente (a fusão "a frio") . Logo depois, Fleishmann admite ter-se enganado.
Física quântica;
1901: o alemão Max Planck formula as leis da radiação do corpo negro, abrindo caminho para a teoria quântica.
1911: os americanos Gockel e Victor Hess descobrem os raios cósmicos.
1921: o indiano Megmed Saha desenvolve a equação de ionização térmica, aplicada à interpretação do espectro estelar.
1925: o austríaco Wolfgang Pauli enuncia o princípio quântico da exclusão.
1925: os alemães Werner Heisenberg e Ernst Jordan, o austríaco Erwin Schrödinger, o dinamarquês Niels Bohr e o inglês Paul Dirac formulam a nova teoria da mecânica quântica.
1926: Heisenberg reelabora a teoria quântica.
1927: o italiano Enrico Fermit dá uma interpretação estatística da mecânica quântica. *Heisenberg formula o princípio da incerteza, segundo o qual a posição e a velocidade das partículas não podem ser conhecidas ao mesmo tempo e com precisão.
1934: Fermi conclui que nêutrons e prótons são as mesmas partículas fundamentais, em estados quânticos diferentes.
1986: Ephraim Fishbach, americano, propõe a existência de uma quinta força, repulsiva - além das já conhecidas: forte, fraca, eletro-magnética e gravitacional.
1988: físicos do Laboratório Nacional de Los Alamos, nos EUA, afirmam ter comprovado a existência da quinta força.
Mecânica;
1821 - o inglês Charles Wheatstone demonstra as condições de reprodução sonora.
1842: Christian Doppeler, austríaco, formula as bases do efeito Doppler, utilizado na acústica e na astronomia.
1880: Philipp von Jolly , alemão, mede a variação do peso em relação à altitude.
1923: o francês Louis de Broglie estabelece uma correspondência entre onda e partícula e formula a mecânica ondulatória.
Óptica;
1799: o alemão Friedrich Herschel descobre a existência dos raios infravermelhos.
180l: o inglês Thomas Young descobre as interferências luminosas. * O alemão Carl Ritter descobre o raio ultravioleta.
1811: o francês Augustin Fresnel faz pesquisas sobre a difração da luz.
1821: Fresnel efetua as primeiras medições de comprimento de onda elétrica.
1822: Fresnel aperfeiçoa as lentes usadas em faróis.
1849: o francês Armand Fizeau mede a velocidade da luz.
1852: o inglês George Stokes formula a lei da fluorescência, observando o efeito da luz ultravioleta sobre o quartzo.
1859: os alemães Robert Bunsen e Gustav Kirchhoff desenvolvem a análise espectral, que fornece subsídios para químicos e astrônomos.
1887: os americanos Albert Michelson e Edward Williams Morley mostram a constância da velocidade da luz.
190l: o russo Piotr Liebedev prova experimentalmente a pressão da luz.
Relatividade;
1905: Einstein formula os fundamentos da teoria da relatividade restrita, a lei da equivalência entre massa e energia, a teoria do movimento browniano e a teoria do efeito fotoelétrico.
1911: Albert Einstein e Langevin demonstram a inércia da energia. * Rutherford formula a estrutura atômica " planetária".
1916: Einstein publica seus estudos finais sobre a teoria geral da relatividade.
1918: o inglês Eddington confirma experimentalmente a relatividade geral de Einstein com a observação do eclipse solar de 191
1929: Einstein publica suas conclusões sobre a teoria do campo unificado.
1950: Albert Einstein expande a teoria da relatividade na teoria geral do campo.
1969: J. Weber, alemão, observa as ondas gravitacionais, postuladas por Einstein em 1916.
Temodinâmica;
1819: os franceses Pierre Louis Dulong e Alexis Thérèse Petit estabelecem a lei que relaciona o peso atômico e a capacidade específica de calor de um elemento sólido.
1822: o dinamarquês Hans Oersted mede a compressibilidade dos sólidos.
1824: o francês Nicolas Sadi Carnot publica Réflexions sur la puissance motrice du feu, que constituiria mais tarde a base da termodinâmica.
1843: o inglês James Joule determina a quantidade de trabalho mecânico necessária para produzir uma unidade de calor.
1847: o alemão Hermann von Helmholtz enuncia o princípio da conservação de energia.
1849: o inglês William Thomson (lord Kelvin) cria a escala termométrica absoluta.
1850: o alemão Rudolf Julius Emmanuel Clausius formula o segundo princípio da termodinâmica e a teoria cinética dos gases.
1851: Kelvin formula as leis da conservação e da dissipação da energia.
* O escocês William Rankine conceitua energia potencial e energia cinética
1852: Kelvin descobre o resfriamento provocado pela expansão de gases.
1860: o inglês James Clerk Maxwell demonstra que a energia cinética das moléculas depende de sua temperatura.
1865: Clausius define a entropia.
1869: o austríaco Ludwing Boltzmann calcula a velocidade das moléculas.
1873: o holandês Johannes van der Waals descobre a continuidade dos estados líquido e gasoso.
1901: o alemão Walter Hermann Nernst postula a terceira lei da termodinâmica.
CRONOLOGIA BRASIL, República;
1934: a Universidade de São Paulo (USP) implanta seu primeiro grupo de pesquisa, com Marcelo Dami de Souza Santos, Mário Schenberg e Paulus Aulus Pompéia, orientados por Gleb Wataguin.
1944: Joaquim Costa Ribeiro descobre o efeito termodielétrico, conhecido por efeito Costa Ribeiro.
1947: César Lattes participa da descoberta do méson.
1951: fundado o Instituto de Física Teórica, em São Paulo.
* Criada a Comissão Nacional de Energia Nuclear, no Rio de Janeiro.
1953: fundado o Instituto de Pesquisas Radiativas, em Minas Gerais.
1954: Mário Schenberg descobre um processo de perda de energia de estrelas, por emissão de neutrinos -efeito Urca.
1957: criado o Instituto de Energia Atômica de São Paulo.
1958: instalado na USP, em São Paulo, o primeiro reator nuclear da América Latina.
1959: Jacques Danon e Argus Henrique Moreira projetam novo acelerador de partículas.
1967: César Lattes comprova sua descoberta da "bola de fogo" dentro do núcleo atômico, estágio intermediário na formação de novas partículas.
1968: criada a Sociedade Brasileira de Física.
* Instalado em Piracicaba , SP, o Centro de Energia Nuclear na agricultura,
1974: assinado o Acordo Nuclear Brasil/Alemanha, contra o qual se manifestam os físicos brasileiros. 1983: inaugurada a usina nuclear Angra I, em Angra dos Reis, RJ. 1989: entra em funcionamento, em Campinas, SP, o maior acelerador de partículas do país.
 
 
 
 
 
 
Termodinâmica;
1761: o inglês Joseph Black cria a calorimetria, o estudo quantitativo do calor.
1784: os franceses Antoine Lavoiser e Pierre Laplace inventam o calorímetro de gelo.
 
= Referências =
58

edições