Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/As Relíquias da Morte/Capítulo 27



Capítulo 27
O Esconderijo DefinitivoEditar

spoilerEditar

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

SinopseEditar

Sem ter como dirigir o dragão, Harry, Hermione e Ron só podem se agarrar, esperando por uma oportunidade de descer em segurança. Por sorte a grande besta nem tem idéia de que eles estão montados. Eles estão agarrados com toda força nas escamas do dragão, mas se ele se sacudir demais eles vão cair. O dragão continuou a voar parecendo saber para onde estava indo, embora fosse meio cego. Harry fica imaginando se Voldemort já foi informado que o cofre dos Lestrange foi invadido. Quando ele souber, Voldemort saberá que Harry está caçando seus Horcruxes.

Depois de algumas horas, o dragão desce e se abaixa para beber água num pequeno lago. O Trio pula na água, fazendo com que seja seguro passar pelos juncos. Harry, imediatamente lança os feitiços protetores e eles vestem roupas secas além de cuidar de suas queimaduras com Dittany.

Embora eles tenham recuperado a Taça de Hufflepuff com sucesso, a Espada de Gryffindor está perdida, os deixando sem ter como destruir os Horcruxes que sobram. Enquanto Ron resmunga a respeito da traição de Grampo, a dor ataca a cabeça de Harry subitamente. Ele vê um goblin ajoelhado ante Voldemort enquanto os bruxos em semicírculo olham. Voldemort grita de raiva quando o goblin conta que o menino Potter e seus dois cumplices levaram a Taça. Cortando o ar com a Elder Wand o Lorde das Trevas mata o goblin.

Bellatrix, Lucius e os outros bruxos correm da sala apavorados— qualquer um que tenha ficado para trás caiu morto. Voldemort fica imaginando se Harry sabe o que são os outros Horcruxes, e, se ele, Voldemort, pode sentir quando são destruídos. Voldemort sabe que o Diário Horcrux foi perdido, mas acredita que não conseguiu perceber quando foi destruído por que ele ainda não possuía corpo. Ele acha que Dumbledore estava envolvido; Dumbledore nunca confiou nele. No entanto, Voldemort acredita que o Anel Horcrux permanece intacto— ninguém jamais o ligou aos Gaunts, afinal de contas. A caverna à beira mar está super bem protegida para alguém conseguir penetrar, portanto o Medalhão lá dentro ainda deve estar seguro. Ele irá até Hogwarts para checar o que está lá; mas Nagini deve ficar junto dele, deve ficar segura. Talvez Dumbledore, sabendo seu nome do meio fez uma ligação, ele vai checar isso primeiro. Depois a caverna; essa certamente está segura, mas mesmo assim deve ser checada. E, finalmente o que está em Hogwarts, esse com certeza estará seguro, ninguém sabe sobre esse local.

Harry abre os olhos e vê Ron e Hermione o observando. Harry diz que Voldemort sabe que eles estão caçando seus Horcruxes, e que o último está escondido em algum lugar em Hogwarts. Harry sequer imagina o que é, sabe que Voldemort está indo para lá para checar, mas acredita que esse é o mais seguro porque Snape está lá. Harry então decide que eles irão até Hogsmeade, depois entrarão em Hogwarts. Se cobrindo com a Capa da Invisibilidade, eles aparatam na pequena vila.


AnáliseEditar

Conforme a trama se encaminha para o final, o Trio corre para Hogwarts para encontrar o último Horcrux, embora nem tenham idéia do que seja, e, tendo perdido a Espada de Gryffindor não vão conseguir destruí-lo e nem aos outros. Como um lembrete, Dumbledore disse a Harry que acreditava que houvessem seis Horcruxes: o Diário, o Anel, o Medalhão (já destruído), a Taça e provavelmente Nagini, e um outro. Harry agora sabe que um desconhecido está escondido em algum lugar de Hogwarts, um lugar que Voldemort acredita que ninguém mais saiba que existe.

Enquanto isso, a suprema super confiança em si mesmo de Voldemort começa a ruir depois que Harry e companhia conseguem, com sucesso, roubar a Taça de Hufflepuff de Gringotes. A despeito de seus planos elaborados e das medidas extremas de segurança, seus Horcruxes, claramente estão vulneráveis a ser identificados ou destruídos, embora Voldemort acredite que apenas o Diário tenha sido eliminado. Ainda que Dumbledore tenha sido o único que ele jamais temeu, agora que Dumbledore está morto Voldemort acha que ele é um bruxo superior e isso o iludiu com uma falsa sensação de invencibilidade. De qualquer maneira, certos medos e inseguranças ocultas, agora parecem estar destruindo a pouca sanidade que Voldemort ainda possui, fazendo com que ele mergulhe num ataque de raiva incontrolável e atinja ao acaso e em geral fatalmente, qualquer seguidor azarado o bastante para estar próximo do bruxo. Voldemort agora percebe que ele subestimou a habilidade de Dumbledore de encobrir e frustrar seus planos, assim como a capacidade de Harry de identificar e localizar os Horcruxes que faltam.

Para compreender melhor, Voldemort se engana ao acreditar que ele pode “sentir “ quando seus Horcruxes são destruídos e se apoia na falsa noção de que não conseguiu detectar quando o Diário foi destruído apenas porque ele ainda não tinha corpo nessa época. No entanto, permanece sem saber que os Horcruxes dentro do anel de Gaunt e do Medalhão de Slytherin não existem mais, e que Harry agora sabe o que são ou pelo menos, onde estão, os Horcruxes que faltam. De qualquer maneira, quando Voldemort finalmente perceber isso, ele estará num caminho fatal e irreversível de colisão com Harry.

PerguntasEditar

RevisãoEditar

  1. Por que Grampo carregou a Espada de Gryffindor?
  2. Por que Voldemort está certo de que ele “sentirá” se os seus outros Horcruxes forem destruídos? O que prova ou não essa certeza?
  3. Quais as precauções que Voldemort tomou para proteger seus Horcruxes? Elas falharam? Se falharam, por que? O que mais ele poderia ter feito?
  4. Por que Voldemort acredita que o Horcrux escondido em Hogwarts é o mais seguro? Ele tem razão?
  5. Por que Voldemort acredita que ninguém jamais poderia ligá-lo à família Gaunt? Como essa ligação foi descoberta?

Estudos AdicionaisEditar

  1. Qual é o lugar em Hogwarts que ninguém mais conhece? Por que Voldemort está certo de que ninguém mais sabe sobre ele? Quem conhece?
  2. Ron está certo ao afirmar que Grampo os traiu fugindo com a Espada de Gryffindor? Explique.
  3. Mesmo que o Trio possa encontrar o último Horcrux como poderão destruí-lo, e também os outros Horcruxes, se não possuem mais a Espada de Gryffindor?
  4. Por que e como Voldemort subestimou as habilidades de Dumbledore para descobrir seu plano? Ele agora subestima Harry? Como assim?
  5. É seguro para o Trio ir a Hogsmeade e Hogwarts sem primeiro preparar um plano? Os Comensais da Morte estarão esperando pelo Trio?
  6. Como correram bem as invasões que o Trio fez no Ministério da Magia e em Gringotes, o que eles podem ter aprendido com cada incidente e como podem aproveitar isso para se esgueirar dentro de Hogwarts?

Visão CompletaEditar

SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Harry identificou quase todos os Horcruxes, mas ainda não sabe que ele carrega dentro dele um fragmento da alma, que irá agir como um Horcrux. Voldemort também não sabe disso, uma vez que aconteceu de modo acidental durante a tentativa de matar o bebê Harry com Avada Kedavra, que ricocheteou e acertou o próprio Voldemort. A tentativa de assassinato arrancou outro fragmento da alma de Voldemort e porque a alma dele foi arrancada do corpo, o fragmento da alma se prendeu em Harry. A cobra de Voldemort, Nagini, também é um Horcrux, como Dumbledore suspeitava; isso não é nunca explicado, mas certamente é o motivo pelo qual Voldemort quer que ela fique sempre por perto e protegida (como veremos), onde Voldemort possa defendê-la.

O lugar em Hogwarts que Voldemort acredita que apenas ele conhece é a Sala Precisa, que, na verdade, é conhecida por Harry e pelos membros da AD. Esse é mais um exemplo da suprema excessiva confiança de Voldemort; tendo encontrado a Sala Precisa por acaso, e possivelmente enquanto andava pelos corredores procurando um lugar para guardar um experimento qualquer de magia negra, Voldemort pensa que ele é o único bruxo esperto o bastante para ter descoberto a Sala. Ele parece manter essa opinião ainda que tenha visto na Sala uma impressionante evidencia de lixo acumulado durante milênios, quando entrou lá pela primeira vez, mas talvez ele achou que a Sala tivesse sido esquecida durante séculos, ou até que o lixo acumulado ali tenha sido um processo automático de recolhimento do próprio castelo. Também, depois de ter sido instruído por Voldemort como localizar e entrar na Sala, certamente Draco percebeu que aquele lugar era a Sala Precisa e ele teria mencionado qualquer coisa para Voldemort, sobre os encontros da AD e que o Esquadrão Inquisitorial de Dolores Umbridge, do qual ele fazia parte atacou a Sala. Draco deve ter percebido logo isso, mas temendo por si e por sua família, obedientemente ouviu as instruções de Voldemort em silêncio ou talvez não tivesse percebido que Voldemort achava que ele era a única pessoa que sabia que aquela Sala existia. Draco também talvez estivesse de modo subconsciente esperando que suas atividades secretas na Sala fossem descobertas, de modo que ele não tivesse que cumprir o plano de Voldemort e matar Dumbledore.