Construção coletiva/Rede da ALMIG

Rede da Almig

A DemandaEditar

A Associação das lan houses de Minas Gerais - ALMIG [1] sentiu a necessidade de se ter uma rede social a partir da visita a rede sociedade digital[2]. A demanda da rede da ALMIG[3] tinha os mesmo objetivos da rede Sociedade digital que era integrar e unir todos os donos de lan house, mas dentro do cenário Mineiro. O Presidente da Associação, juntamente com o diretor de comunicação propuseram os temas e recursos de deveriam se ter na rede (chat, blog, fórum, álbum de fotos) também deveria ter um mapa para identificar onde estavam as lan houses cadastradas e associadas a Associação.

MetodologiaEditar

Para atender às necessidades da junta diretiva da ALMIG e também ficar dentro da visão de trabalho do TEIA [4] que é utilizar as ferramentas da Web 2.0 para oferecer soluções às demandas dos clientes utilizou-se a plataforma do NING [5], que permite a utilização de diversos recursos que foram pedidos pela direção da ALMIG.

FunçõesEditar

  • Mapa das lan Houses - Esse mapa indica as lan houses que são cadastradas dentro da nossa associação e são indicadas para atender qualquer tipo de cliente.
  • Twitter - Ferramenta para interação e divulgação de Notícias pertinentes para os donos de lan house. Há um RSS dos posts da ALMIG.
  • Atendimento On Line - Essa ferramenta permite que qualquer pessoa com dúvida sobre lan house ou acesso venha a falar diretamente com o representante da ALMIG dentro da Associação.
  • Páginas Diversas - Essas Páginas são referentes a Diversas ações ou novidades que a ALMIG disponibiliza. Uma delas é a parceria que temos com diversos órgãos do Governo.
  • Blog - Ferramenta muito utilizada para novas informações e transmissão de notícias.
  • Forum - Utilizado para gerar discussões, os fóruns servem para aumentar o conhecimento das pessoas.
  • Fotos - Espaço aproveitado para colocar fotos das lan houses ou pessoais dos membros da rede, afim de aumentar a interação entre eles.
  • Vídeos - Espaço utilizado pelos membros para colocarem os vídeos que acham interessantes dentro da rede.
  • Chat - Ferramenta muito utilizada para bate papo em tempo real.

Economia e resultadosEditar

Essa rede proporcionou uma economia variante entre 100 e 300 reais por semana, já que foi desenvolvida por instrumentos gratuitos e disponíveis na web.

Para criar uma rede desse porte, gastar-se-ia mais de 5 mil reais.

Os membros se cadastram e começam a utilizar a rede de modo a interagir sempre e tirar as dúvidas com outros membros, tornando-a mais dinâmica e relevante.

ReferênciasEditar

  1. Site da ALMIG
  2. Site da rede sociedade digital
  3. Site da rede da ALMIG
  4. Site do Teia
  5. Site do NING