Epidemiologia/Caso-controle

Os estudos de caso-controle são classificados como estudos observacionais, realizados sem qualquer intervenção. No estudo transversal as medições são realizadas ao mesmo tempo.

São utilizados para descrever variáveis e suas distribuições. AS associações são definidas baseadas nas hipóteses do pesquisador.

A partir desses estudos não é possível calcular incidência, apenas prevalência.

VantagensEditar

  • Rápidos e menor custo.
  • Não existe seguimento, portanto não há perdas.
  • Pode estar incluído em um ensaio clínico randomizado ou em uma coorte.
  • Determinar características demográficas e clínicas
  • Podem mostrar relações interessantes.

DesvantagensEditar

  • Não é possível determinar relações de causa e efeito, nem prognóstico.
  • Pouco efetivos no estudo de condições raras na população.
  • Apenas é possível obter a prevalência.