Português/Análise sintática: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
[edição não verificada][edição não verificada]
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
{{navegação|[[Português|Índice]]|[[Português/Sintaxe|Sintaxe]]|[[Português/Análise sintática/Frase|Frase]]}}
A '''análise sintática''' encarrega-se de examinar, classificar e reconhecer as estruturas da [[Português/Sintaxe|Sintaxe]], isto é, os períodos, as orações e os termos das orações.
 
A análise sintática segue uma sequência lógica: o período é decomposto em orações, as orações separadas em sujeito e predicado e estes são analisados. Você pode fazer [[Português/Análise sintática/Exercícios|exercícios sobre sintaxe]], depois [[Português/Análise sintática/Respostas|confira as respostas]]. Aqui iremos mostrar um resumo de cada período da parte ''Sintaxe'':
{{TOC-direita}}
==Termos Básicos==
{{ênfase|Os termos básicos formam a estrutura de tudo.}}
Uma [[Português/Análise sintática/Frase|frase]] é todo trecho que possui sentido. [[Português/Análise sintática/Oração|Oração]] é uma frase, ou parte de uma frase que possui estrura sintática completa ou quase completa. Em uma frase pode existir uma ou mais orações. Existem vários tipos de orações, são classificadas de acordo com sua função sintática na frase. Se uma oração depende da outra chamamos uma de Principal e a outra de Subordinada. Se uma não depender da outra, chamamos de Coordenada. O [[Português/Análise sintática/Período|Período]] é classificado de acordo com a quantidade de orações que há na frase. Se houver apenas uma oração, o período é simples, se houver mais, ele é composto. Chamamos de [[Português/Análise sintática/Núcleo|núcleo]] a palavra que exerce maior função em um termo.
==Termos Essenssiais==
{{ênfase|Os [[Português/Termos essenciais|termos essenssiais]] formam as partes mais importantes na frase: o Sujeito e o Predicado}}
[[Português/Termos essenciais/Sujeito|Sujeito]] é quem ou o que realiza a ação. No [[Português/Termos essenciais/Predicado|Predicado]] é onde ocorrem essas ações. No predicado pode existir modificadores do sujeito:
*Eu '''fui''' ao mercado. - Quem foi? ''Eu''
*Naiara e Estefani viajaram. - Quem viajou? ''Naiara e Estefani''
*O violino custou caro. - O quê custou caro? ''O violino''
Assim concluimos que os sujeitos das frases são: ''Eu'', ''Naiara e Estefani'' e ''O violino''. ''Ao mercado'', ''viajaram'' e ''custou caro'' é o predicado.
==Termos Integrentes==
{{ênfase|[[Português/Termos integrantes|Termos integrantes]] são os termos que complementam. Eles podem ser obrigatórios ou não.}}
Existem dois tipos de Complementos, os [[Português/Termos integrantes/Complemento Verbal|complementos verbais]] e os [[Português/Termos integrantes/Complemento nominal|complementos nominais]]. Eles podem ser ou não ser acompanhodos de preposição. Complementos nominais são sempre acompanhados por preposição.
==Termos Acessórios==
{{ênfase|Os [[Português/Termos acessórios|Termos Acessórios]] são termos que nunca são obrigatórios.}}
Os Termos acessórios são os termos que modificam outros termos. Podem representar lugar, modo, tempo, instrumento, negação, etc. Chamamos estes de [[Português/Termos acessórios/Adjunto adverbial|adjuntos adverbiais]] porque possuem papel de advérbio. Outros podem ter papel de adjetivo, então os chamamos de [[Português/Termos acessórios/Adjunto adnominal|adjunto adnominal]]. Existem também o [[Português/Termos acessórios/Aposto|Aposto]] e o [[Português/Termos acessórios/Vocativo|Vocativo]].
==Período Composto==
{{ênfase|É chamado de [[Português/Período composto|Período Composto]] toda frase com mais de uma oração}}
Lembra das conjunções (''que, se, e, mas, porém, contudo, ...'')? No Período Composto iremos estudar elas, mas agora com mais precisão. Estudaremos também mais um pouco sobre as preposições e sobre particípio e gerúndio. Acontece que todos esses termos estão envolvidos com as orações que estão no período.
==Concordância==
{{ênfase|[[Português/Concordância|Concordância]] é as modificações que um termo trás quando colocado na frase.}}
Verbos e nomes concordam em número e em pessoa. Artigos, adjetivos, substantivos e pronomes concordam além de número, em gênero.
==Regência==
{{ênfase|[[Português/Regência|Regência]] é o estudo dos complementos verbais e nominais em relação as preposições.}}
Aqui, finalizará nosso estudo de preposições.
==Colocação Pronominal==
Está lembrado dos Pronomes? Aqui estudaremos onde devemos colocar alguns daqueles pronomes, a [[Português/Colocação pronominal|colocação pronominal]].
==Figuras Linguísticas==
{{ênfase|[[Português/Figuras Linguísticas|Fíguras Linguísticas]] são casos que mostram tropos, vícios, estilos gramáticais}}
 
== Conteúdos ==
 
# [[Português/Análise sintática/Frase|Frase]]
# [[Português/Análise sintática/Oração|Oração]]
# [[Português/Análise sintática/Núcleo|Núcleo de um termo]]
# [[Português/Análise sintática/Período|Período]]
# [[Português/Análise sintática/Exercícios|Exercícios]]
# [[Português/Análise sintática/Respostas|Respostas]]
 
Não se assuste se você achou tudo isso difícil, isto foi o mínimo das várias explicações que daremos, será tudo esclarecido com calma.
[[Categoria:Português|{{SUBPAGENAME}}]]
5 327

edições