Utilizador:RMBeatriz/Testes: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
Sem resumo de edição
Sem resumo de edição
 
 
Deve ficar bem claro que a rastreabilidade não é identificação.
Deve exigir-se a um sistema de rastreabilidade a capacidade para registar todos os elementos/acções/operações realizados na [[w:história|história]] de um produto, desde o início até á sua comercialização. ou seja, o sistema deve configurar-se para que esse registo se realize sobre todos os elementos/acções ou operações que possam alterar a [[w:qualidade|qualidade]] do produto.
 
Um bom sistema de rastreabilidade deve ter algumas características fundamentais, tais como:
 
*Flexibilidade:
A implantação do sistema numa [[w:indústria|indústria]] pode-se tornar complicado pois cada indústria tem um método de trabalho diferente, máquinas diferentes, etc. Apenas se consegue flexibilidade através de desenhos modulares.
 
*Fácil manejo:
 
*Nível de rastreabilidade facilmente configurável:
O nível de rastreabilidade deve ser fixo pela [[w:empresa|empresa]], a rastreabilidade contribui valor acrescentado ao produto mas deve contribuir o menor [[w:custo|custo]] possível. Os sistemas de rastreabilidade devem poder definir os processos e os passos para rastrear, uma vez que é decisão da empresa fixar um nível de rastreabilidade equilibrado.
 
*Ser uma potente ferramenta de gestão:
Uma vez traçado um processo produtivo, é fundamental que o sistema de rastreabilidade tenha um método para dar a conhecer ao cliente os dados do produto que acaba de adquirir, permitindo obter valor acrescentado visto que existe maior segurança por parte do cliente e consequentemente a sua fidelização. ([[Logística/Referências#refbSISTEMA|Sistema, 2008]])
 
A segurança alimentar não é garantida com a rastreabilidade, mas estabelece a transparência necessária a medidas de controlo eficientes, o que faz aumentar a [[w:confiança|confiança]] dos consumidores/clientes, uma mais valia que pode e deve ser utilizada pelos vários intervenientes na cadeia. Permitir também um maior controlo da rotulagem em geral, de forma a gerar valor acrescentado. ([[Logística/Referências#refbFONTES|Fontes, 2004]]).
 
A segurança alimentar não é garantida com a rastreabilidade, mas estabelece a transparência necessária a medidas de controlo eficientes, o que faz aumentar a [[w:confiança|confiança]] dos consumidores/clientes, uma mais valia que pode e deve ser utilizada pelos vários intervenientes na cadeia. Permitir também um maior controlo da rotulagem em geral, de forma a gerar valor acrescentado. ([[Logística/Referências#refbFONTES|Fontes, 2004]])
 
===R-Rastreabilidade e qualidade alimentar===
277

edições