Diferenças entre edições de "Logística/Sistemas de informação/Indicadores de desempenho/Indicadores de utilização de recursos: equipamentos/Disponibilidade"

Actualização
(Actualização)
(Actualização)
 
Tendo em conta os diferentes métodos usados no cálculo da disponibilidade, algumas empresas consideram que os equipamentos devem ter um calendário de funcionamento baseado no calendário da empresa, para que todas as intervenções que ocorram dentro desse horário possam ser consideradas como tempo indisponível. Em contrapartida, outras incluem o tempo em que os equipamentos estiveram parados para manutenção no cálculo deste indicador. Por outro lado, existem empresas que acham que os equipamentos devem estar disponíveis 24 horas por dia independentemente do horário de trabalho da organização em questão, porém incluem determinadas intervenções da área de produção, como por exemplo troca de turnos, [[w:Tempo de setup|tempos de ''setup'']] e falta de material, no cálculo da disponibilidade [[Logística/Referências#refbJC|(JC, 2008)]].
 
No entanto, pode definir-se o cálculo do indicador de disponibilidade de um equipamento da seguinte forma [[Logística/Referências#refbChiaradia|(Chiaradia, 2004)]]:
 
''Disponibilidade'' (%) = ((''Tempo de carga'' - ''Tempo de paragens não programadas'') / ''Tempo de carga'') × 100
 
{{AutoCat}}
461

edições