Diferenças entre edições de "Processamento de Dados Massivos/Projeto e implementação de aplicações Big Data/Classificação associativa incremental (LAC)"

A extração de regras de associação é uma tarefa de mineração de dados, também conhecida como Mineração de Item Sets Frequentes. Seu objetivo é encontrar conjuntos de itens que possuem correlação em um banco de dados de transações.
 
O conceito de regas fortes de Agrawal et al. (1993) <ref> [http://dl.acm.org/citation.cfm?id=170072 Agrawal, R.; Imieliński, T.; Swami, A. (1993). Mining association rules between sets of items in large databases. Proceedings of the 1993 ACM SIGMOD international conference on Management of data - SIGMOD '93. pp. 207], </ref> deu origem a este tópico de pesquisa. O primeiro algoritmo para Mineração de Itens Sets Frequentes foi o Apriori proposto por Agrawal e Srikant (1994) <ref> [http://dl.acm.org/citation.cfm?id=672836 Agrawal, R. and Srikant, R (1994). Fast algorithms for mining association rules in large databases. Proceedings of the 20th International Conference on Very Large Data Bases, VLDB, pages 487-499, Santiago, Chile, September 1994.], </ref>.
 
A extração de regras de associação tem um alto custo computacional, sendo que o algoritmo força bruta possui complexidade exponencial. Outros algoritmos foram propostos para este fim, que fazem uso de heurísticas de podas e limitações de tamanhos de regras, alguns exemplos são o Eclat e FP-growth.
40

edições