Diferenças entre edições de "Introdução à Sociologia/Anexos/Livro didático virtual de Sociologia"

sem resumo de edição
 
 
Processos históricos<br>
 
== Fatos sociais ==
O conceito de "fato social" foi cunhado pelo sociólogo francês Emile Durkheim. De acordo com o autor, os fatos sociais consistem em leis, normas ou quaisquer outras regras que coajam o indivíduo a agir em determinada direção, o que garante a manutenção da ordem social estabelecida. A transgressão aos fatos sociais implica a punição; logo, eles possuem poder imperativo e coercitivo. A punição pode se dar através do sistema jurídico ou do afastamento social. <br>
No entanto, nem sempre a coerção dos fatos sociais se faz sentir: os sujeitos podem estar de tal forma acostumados a ela que não a percebem. Um exemplo disso é a forma como nos vestimos: embora a moda seja um fato social (porque ela impõe aos membros de determinada sociedade a forma "correta" de se vestir), dificilmente nos sentimos coagidos quando estamos nos vestindo, pois encaramos isso como algo "natural".
 
REFERÊNCIA:<br>
DURKHEIM, Emile. ''As Regras do Método Sociológico.'' São Paulo, Nacional, 1984.
 
 
== Bibliografia ==
CASTRO, Anna Maria de, DIAS, Edmundo. Introdução ao pensamento social. 9 ed. Rio de Janeiro, Eldorado, 1983. 241 p.<br>
CUIN, Charles-Henry e GRESLE, FRANÇOIS. História da sociologia. São Paulo, Ensaio, 1994. 299 p.
 
{{AutoCat|Sociologia}}
{{Ficha do livro
|Etapa = 0<!-- um número de 0 até 8 -->
|Nível educacional 1 =
|Tema 1 = <!-- Antes de preencher este campo, opine na [[Wikilivros Discussão:Biblioteca#Proposta]] -->
|CDD 1 =
|CDU 1 =
|CBC 1 =
}}
184

edições