Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos: diferenças entre revisões

m
Ajuste de texto
m (Inserção de conteudo Polo Santa Cruz do Sul.)
m (Ajuste de texto)
As Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica são resultado de um amplo debate capitaniado pelo Conselho Nacional de Educação, que através de seus conselheiros, envolveu representantes dos conselhos estaduais e municipais de educação, técnicos e servidores do CNE, especialistas, pesquisadores, integrantes dos sistemas de ensino, técnicos do Ministério da Educação e representantes de entidades representativas dos trabalhadores em educação. Para a construção das diretrizes foram organizados seminários, debates e audiências públicas objetivando o aperfeiçoamento da educação nacional. As Diretrizes buscam prover os sistemas educativos em seus vários níveis (federal, estadual e municipal) de instrumentos para que crianças, adolescentes, jovens e adultos que ainda não tiveram a oportunidade, possam se desenvolver plenamente, recebendo uma formação de qualidade correspondente a sua idade e nível de aprendizagem, respeitando suas diferentes condições sociais, culturais, emocionais, físicas e étnicas. 
 
O Movimento Pela Base Nacional Comum já está acontecendo. Todos podem e devem participar, basta acessar o link: <nowiki>http://movimentopelabase.org.br/a-base/</nowiki>, ler o material disponível e participar com contribuições acerca da base comum a ser construída. Esse processo encerra no dia 15/12/2015, portanto não podemos esperar para participar. Nossa participação é muito importante, não podemos nos omitir, caso contrário serão aprovadas questões que futuramente iremos dizer, "foram "impostas" que vieram "de cima para baixo", discurso recorrente entre os professores.
 
==== Por que ter uma Base Nacional Comum? ====
[1] Brasil. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Conselho Nacional da Educação. Câmara Nacional de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica / Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15548-d-c-n-educacao-basica-nova-pdf&Itemid=30192
 
[2] Brasil. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL/ COORDENAÇÃO GERAL DO ENSINO FUNDAMENTAL/ ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS – ORIENTAÇÕES GERAIS. Disponível em: <nowiki>http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/9anosgeral.pdf</nowiki>
 
[3] Boletim Arte na Escola. Janeiro a março de 2010. Boletim 57. Disponível em: http://www.uel.br/pos/musica/pages/arquivos/BOLETIM57%5B1%5D.pdf.
75

edições