Diferenças entre edições de "Java/Criando e executando o primeiro programa"

2 524 bytes adicionados ,  00h30min de 2 de junho de 2008
Desfeita a edição 94042 de 201.11.177.84 (Usuário Discussão:201.11.177.84)
(Desfeita a edição 94042 de 201.11.177.84 (Usuário Discussão:201.11.177.84))
{{:Java/p/telaCod.Fim}}
 
=Como e onde o programa Java deve ser digitado?=
import java.awt.*;
:O programa deve ser digitado com um editor de textos (''Bloco de Notas'' do ambiente Windows, por exemplo) e gravado num arquivo com a seguinte sintaxe de nomeação:
puclic cass Exemplo extends frame {
{{:Java/p/telaCodf.Ini}}
private Label 1Pergunta;
: <nome do programa>.java
private Button btnSim, btnNao;
{{:Java/p/telaCodf.Fim}}
:Ou seja, o ''nome do programa'' seguido da extensão '''.java'''.
public Exemplo(sting s) {
:Então, nesse primeiro programa, o arquivo que o conterá será chamado de:
super (s);
{{:Java/p/telaCodf.Ini}}
setSize (300, 100);
: Olamundo.java
setLocation (50, 100);
{{:Java/p/telaCodf.Fim}}
:Note que há diferenciação entre letras maiúsculas e minúsculas, então verifique se a primeira letra do nome do nosso programa é maiúscula ('''Olamundo.java''' é diferente de '''olamundo.java''').
1Pergunta = new Label ("Deseja salvar o arquivo?");
 
===O código-fonte===
btnSim = new Button ("sim");
:Chamamos de código-fonte o conjunto de instruções, expressões, etc. que estão numa linguagem de computador não compilada, ou seja, cuja tradução para uma linguagem de máquina é necessária. O conjunto de instruções (e outros) em linguagem Java é o nosso código-fonte que deve estar contido no arquivo '''Olamundo.java''':
btnNao = new Button ("nao");
{{:Java/p/telaCodf.Ini}}
:{{:Java/p/class}} Olamundo
add (1pergunta);
:{
add (btnSim);
::{{:Java/p/public}} {{:Java/p/static}} {{:Java/p/void}} {{:Java/p/main}}({{:Java/p/String}}[] args)
add (btnNao);
::{
} // fim de contrutor
:::{{:Java/p/System}}.out.println(“Olá mundo!”);
::}
:}
{{:Java/p/telaCodf.Fim}}
 
===Compilação===
public static void main (string args []) {
:O código-fonte deve ser transformado, organizado, numa linguagem mais próxima da linguagem da máquina, para isso se faz a compilação. A compilação em Java não é como a das outras linguagens tradicionais pois ela não traduz o programa para a linguagem de máquina de um determinada linha de processadores ou ambiente operacional comum (Windows, DOS, Linux, etc.) e sim para uma máquina virtual {{:Java/p/JVM}} (Java Virtual Machine).
exemplo e = new exemplo ("testando");
:As instruções que podem ser interpretadas (reconhecidas) pela {{:Java/p/JVM}} são denominadas ''bytecodes''. Cada ambiente operacional terá sua {{:Java/p/JVM}} específica para executar os programas, porém o código em ''bytecodes'' é reconhecido por qualquer {{:Java/p/JVM}}. Assim, um mesmo programa Java (código-fonte) pode ser compilado em ''bytecodes'' somente uma vez e ser executado em qualquer {{:Java/p/JVM}} de qualquer sistema ou ambiente operacional.
e. ();
:A compilação do código-fonte Java é feita com o programa {{:Java/p/javac}} de acordo com a sintaxe:
} // fim do main
{{:Java/p/telaCodf.Ini}}
} // fim da classe
:: {{:Java/p/javac}} <nome do programa>.java
{{:Java/p/telaCodf.Fim}}
:Então, para compilar o nosso primeiro programa executamos:
{{:Java/p/telaCod.Ini}}
:: {{:Java/p/javac|cor=white}} Olamundo.java
{{:Java/p/telaCod.Fim}}
:Será criado um arquivo com a extensão '''.class''' . Este é o arquivo que conterá os ''bytecodes''.
 
===Executando o programa===
:Para executarmos o programa compilado em ''bytecodes'' utilizamos o programa {{:Java/p/java}}, segundo a sintaxe:
{{:Java/p/telaCodf.Ini}}
:: {{:Java/p/java}} <nome do programa>
{{:Java/p/telaCodf.Fim}}
:Então, para executar o nosso primeiro programa digitamos:
{{:Java/p/telaCod.Ini}}
:: {{:Java/p/java|cor=white}} Olamundo
{{:Java/p/telaCod.Fim}}
:Não é necessário se especificar a extensão '''.class''' no caso do programa ser executado num terminal, numa linha de comando.
 
=Resumindo as etapas de digitação à execução do programa=
1 066

edições