Guia do Linux/Iniciante+Intermediário/Comandos para manipulação de diretório/ls

lsEditar

Lista os arquivos de um diretório.

ls [opções] [caminho/arquivo] [caminho1/arquivo1] ...

onde:

caminho/arquivo
Diretório/arquivo que será listado.
caminho1/arquivo1
Outro Diretório/arquivo que será listado. Podem ser feitas várias listagens de uma só vez.
opções
-a, --all
Lista todos os arquivos (inclusive os ocultos) de um diretório.
-A, --almost-all
Lista todos os arquivos (inclusive os ocultos) de um diretório, exceto o diretório atual e o de ní­vel anterior.
-B, --ignore-backups
Não lista arquivos que terminam com ~ (Backup).
--color=PARAM
Mostra os arquivos em cores diferentes, conforme o tipo de arquivo. PARAM pode ser:
  • never - Nunca lista em cores (mesma coisa de não usar o parâmetro --color).
  • always - Sempre lista em cores conforme o tipo de arquivo.
  • auto - Somente colore a listagem se estiver em um terminal.
-d, --directory
Lista os nomes dos diretórios ao invés do conteúdo.
-f
Não classifica a listagem.
-F
Insere um caracter após arquivos executáveis ('*'), diretórios ('/'), soquete ('='), link simbólico ('@') e pipe ('|'). Seu uso é útil para identificar de forma fácil tipos de arquivos nas listagens de diretórios.
-G, --no-group
Oculta a coluna de grupo do arquivo.
-h, --human-readable
Mostra o tamanho dos arquivos em Kbytes, Mbytes, Gbytes.
-H
Faz o mesmo que -h, mas usa unidades de 1000 ao invés de 1024 para especificar Kbytes, Mbytes, Gbytes.
-l
Usa o formato longo para listagem de arquivos. Lista as permissões, data de modificação, donos, grupos, etc.
-n
Usa a identificação de usuário e grupo numérica ao invés dos nomes.
-L, --dereference
Lista o arquivo original e não o link referente ao arquivo.
-o
Usa a listagem longa sem os donos dos arquivos (mesma coisa que -lG).
-p
Mesma coisa que -F, mas não inclui o sí­mbolo '*' em arquivos executáveis. Esta opção é tí­pica de sistemas Linux.
-R
Lista diretórios e sub-diretórios recursivamente.
--full-time
Lista data e hora completa.
Classificação da listagem
A listagem pode ser classificada usando-se as seguintes opções:
-f
Não classifica, e usa -au para listar os arquivos.
-r
Inverte a ordem de classificação.
-c
Classifica pela data de alteração.
-X
Classifica pela extensão.
-U
Não classifica, lista os arquivos na ordem do diretório.

Uma listagem feita com o comando ls -la normalmente é mostrada da seguinte maneira:


     -rwxr-xr—1  gleydson user    8192 nov 4 16:00 teste

Abaixo as explicações de cada parte:

-rwxr-xr--
São as permissões de acesso ao arquivo teste. A primeira letra (da esquerda) identifica o tipo do arquivo, se tiver um d é um diretório, se tiver um "-" é um arquivo normal.

As permissões de acesso é explicada em detalhes em [ch-perm.html Permissões de acesso a arquivos e diretórios, Capí­tulo 13].

1
Se for um diretório, mostra a quantidade de sub-diretórios existentes dentro dele. Caso for um arquivo, será 1.
gleydson
Nome do dono do arquivo teste.
user
Nome do grupo que o arquivo teste pertence.
8192
Tamanho do arquivo (em bytes).
nov
Mês da criação/ última modificação do arquivo.
4
Dia que o arquivo foi criado.
16
00
Hora em que o arquivo foi criado/modificado. Se o arquivo foi criado há mais de um ano, em seu lugar é mostrado o ano da criação do arquivo.
teste
Nome do arquivo.

Exemplos do uso do comando ls:

  • ls - Lista os arquivos do diretório atual.
  • ls /bin /sbin - Lista os arquivos do diretório /bin e /sbin
  • ls -la /bin - Listagem completa (vertical) dos arquivos do diretório /bin inclusive os ocultos.