Guia dos Trouxas para Harry Potter/Grandes Eventos/Infiltração no Ministério da Magia



Infiltração no Ministério da Magia
  • localização = Ministério da Magia
  • época = No sétimo livro da série
  • Personagens = Harry, Hermione, Ron e vários funcionários do Ministério

Visão GeralEditar

SpoilerEditar

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Tendo determinado que um Horcrux está nas mãos de Dolores Umbridge, Harry, Hermione e Ron decidem entrar no Ministério da Magia para tentar descobrir onde ele está. Eles se disfarçam como três funcionários do Ministério e entram, junto com os funcionários pela manhã. Os três acabam separados, com Hermione nos tribunais trabalhando como escrivã nos processos que Umbridge está presidindo. Quando Harry se junta a ela, Hermione parece notar que Umbridge está usando o Medalhão que tem o Horcrux. Harry estupora Umbridge e os outros funcionários presentes, Hermione tira o Medalhão da Umbridge, deixando uma réplica, e eles escapam, por sorte se juntando a Ron.

Infelizmente um Comensal da Morte aparata junto com eles, quando tentam voltar para Grimmauld Place e quando Hermione consegue forçá-lo para largar os três, ele já está na entrada de Grimmauld Place. Acreditando que Grimmauld Place não é mais o lugar seguro para eles, Hermione aparata o Trio novamente, dessa vez para um lugar numa floresta.


Detalhes do EventoEditar

Harry e Dumbledore, no final do ano anterior recuperaram um Horcrux da caverna junto ao mar, apenas para descobrir que um tal R. A. B. tinha chegado antes e trocado o Horcrux, que era um medalhão e ele trocou por um medalhão seu. Descobrindo que o irmão de Sirius, Regulus, tem as mesmas iniciais, Harry, Hermione e Ron procuram no quarto de Regulus. Eles não encontram nada, mas Hermione lembra que eles viram um medalhão enquanto limpavam a casa bem antes. Chamado por Harry, Monstro admite ter pegado o medalhão, mas diz que depois, ele foi roubado por Mundungus Fletcher. Monstro então, é enviado para achar Mundungus, e retorna com ele dias depois. Sendo obrigado a confessar, Mundungus diz que o medalhão foi extorquido dele, por uma bruxa que Harry reconhece, pela descrição de Mundungus como sendo Dolores Umbridge.

Harry, Hermione e Ron decidem entrar no Ministério da Magia ilegalmente e disfarçados para tentar encontrar o medalhão verdadeiro. Depois de muitas semanas de observação e planejamento, eles atacam de surpresa três funcionários do Ministério e usam um pouco do estoque de Moody para se disfarçarem: Hermione como Mafalda Hopkirk, Ron como Reg Cattermole, um funcionário da manutenção e Harry, como um bruxo alto cujo nome ele não sabe. Com os tokens mágicos que eles viram outros funcionários usando, eles entram numa parte específica dos banheiros públicos, e dão a descarga neles mesmos para dentro do Ministério.

Na chegada ao Atrium, Harry fica meio chateado ao perceber que a Fonte dos Irmãos Mágicos foi substituída por uma escultura de uma aparente família bruxa sentada sobre tronos feitos como figuras humanas atormentadas, aparentemente querendo representar Trouxas. Assim que o Trio, disfarçado, vai para a fila dos elevadores, Yaxley se aproxima e diz a Ron que está chovendo em seu escritório, e que ele tem que resolver. Ele também ameaça a esposa de Cattermole, que aparentemente vai se apresentar na Comissão de Registro dos Nascidos Trouxas nesse dia. Depois Yaxley toma um elevador que está descendo. Ron sobe até o escritório de Yaxley no Nivel Dois e, com Hermione cochichando em seu ouvido, ele vai tentar parar a chuva. Harry e Hermione chegando ao Nível Um, são confrontados pelo Ministro da Magia Pius Thicknesse e por Dolores Umbridge.

Umbridge imediatamente acha que Travers enviou Mafalda para ser sua escrivã na sessão do dia da Comissão de Registro dos Nascidos Trouxas, e, achando que Hermione é de fato Mafalda a leva junto com ela descendo e deixando Harry com o Ministro. O Ministro fala com Harry como “Albert” (Runcorn) e parece aceitar bem a explicação de Harry por estar no Primeiro Nível, e vai embora. Harry, agora coloca a Capa da Invisibilidade e começa a procurar pelo escritório de Umbridge. Ele encontra uma área com páginas cor de rosa voando e algumas bruxas e bruxos que estão arrumando as páginas em panfletos. Examinando um panfleto sob a Capa, ele vê que é propaganda anti-Trouxa. Ouvindo um comentário rude sobre a chefe, ele olha para onde foi indicado e vê o Olho Mágico de Moody fixado na porta olhando para o teto, e uma placa com o nome "Dolores Umbridge, Subsecretária Senior do Ministro". A Capa da Invisibilidade não permitiria que ele abrisse a porta sem ser percebido, de modo que Harry prepara um Decoy Detonator. Quando ele explode com uma grande nuvem de fumaça no finalzinho da sala, Harry abre a porta e entra no escritório da Umbridge.

Uma vez lá dentro, ele encontra um pequeno telescópio fixado por dentro da porta; olhando através dele, Harry vê as bruxas e bruxos que montam os panfletos olhando para o Decoy Detonator. Harry arranca o telescópio para fora da porta, e coloca o Olho Mágico de Moody no bolso. Ele então tenta conjurar Accio, o medalhão, sem sucesso.

Procurando no escritório de Umbridge, ele encontra um dossiê de Arthur Weasley, que está listado como sangue puro, mas é conhecido por ser chegado ao “Indesejável Número Um”, o próprio Harry. Arthur também está sendo Monitorado. A busca na verdade é infrutífera, mas, em uma última olhada pelo escritório, Harry vê Dumbledore olhando para ele por um pequeno espelho. Chegando mais perto, o espelho na verdade é a capa do livro de Rita Skeeter, “A Vida e as Mentiras de Albus Dumbledore”. Abrindo o livro, ele vê uma foto de dois adolescentes, mas antes que possa ler a legenda, a porta do escritório abre. Pius Thicknesse entra e escreve uma nota para Umbridge; Harry sai, passando pelo pessoal dos panfletos que ainda estão investigando o Decoy Detonator, e volta ao elevador.

Ele precisa encontrar Ron, descer até os tribunais, e pegar Hermione ; não parece que o medalhão esteja por aqui. Por sorte, quando o elevador chega ao Segundo Nível, Ron entra; antes que possam trocar cumprimentos, o elevador para novamente e Arthur Weasley e uma bruxa loura entram, conversando distraídos. Arthur olha para Harry de modo desagradável, mas fala para Ron sobre um feitiço que pode dar jeito no escritório de Yaxley. No Nível seguinte, Ron e a bruxa loura tentam sair, mas são bloqueados por Percy Weasley entrando, Harry não conseguir seguir. Percy levanta os olhos do que está lendo e percebe que seu pai está no elevador, ele sai no Nível seguinte. Harry, novamente, tentar sair mas é bloqueado por Arthur, que o acusa de plantar informações a respeito de Dirk Cresswell. Quando Harry diz a Arthur que ele está sendo Monitorado, Arthur considera uma ameaça. Arthur desce no Atrium e Harry coloca a Capa da Invisibilidade de novo. Ele tem que buscar Hermione enquanto Ron está tentando fazer parar a chuva no escritório de Yaxley.

Indo a caminho dos tribunais, Harry reconhece o calafrio que não é natural, causado pelos dementadores; as criaturas estão guardando os bruxos e bruxas nascidos Trouxas que aguardam do lado de fora das salas de audiências. Uma bruxa é levada à corte por dois dementadores. Mary Cattermole é chamada por Umbridge e Harry a segue. Lá dentro, dois dementadores são mantidos em seus lugares por um gato Patronus, e Umbridge, Hermione (como Malfalda) e Yaxley estão examinando Cattermole, insistindo em saber de quem ela roubou a varinha. Assim que Umbridge se debruça para frente, o medalhão em seu pescoço balança para fora. Hermione aproveita a chance e pergunta sobre ele; Umbridge afirma que o S é a inicial de Selwyn, uma antiga família bruxa à qual ela tem orgulho em pertencer. Isso é demais para Harry que imediatamente estupora Umbridge e Yaxley. Harry conjura um Patronus, bem a tempo de salvar Mary Cattermole. Ele tenta mas não consegue libertar as correntes de Mary, enquanto Hermione duplica (Geminio) um medalhão para substituir o verdadeiro; finalmente Harry consegue libertar Mary. Escoltados pelos Patronuses de Harry e de Hermione, os três saem dos tribunais. Reunindo outros nascidos Trouxas, Harry diz que a nova posição oficial é se disfarçar e deixar o país se possível, pelo menos ficar longe do Ministério; eles então saem para o Atrium.

Chegando aos elevadores, eles encontram com Ron; Mary Cattermole corre para abraçá-lo, achando que é seu marido, Reg. Ron avisa a Harry e Hermione que o Ministro sabe que eles estão ali e turmas de operários estão fechando as lareiras. Harry diz que eles ainda podem sair se correrem. No Atrium, Harry ordena que as equipes parem de selar as lareiras. Quando um dos bruxos protesta, Harry ameaçadoramente pergunta se ele quer que sua árvore genealógica seja examinada da mesma forma que a de Dirk Creswell.

Os nascidos Trouxas são enviados em pares através das lareiras remanescentes, mas o verdadeiro Reg Cattermole aparece vindo dos elevadores. Entre a confusão dele e de Mary Cattermole, Yaxkey aparece, mandando selarem as lareiras. Harry aponta para o bruxo que o questiona, dizendo que ele está permitindo que os nascidos Trouxas escapem. No meio da comoção, Ron e Mary Cattermole fogem; conforme Yaxley percebe a verdade, ele lança uma maldição em Harry que está entrando na lareira com Hermione. Chegando ao banheiro, Harry vê Yaxley aparecer no cubículo atrás dele. Agarrando Hermione e Ron, Harry desaparata. Ele mal vê a porta de Grimmauld Place, então um barulho bang e eles estão aparatando para longe.

Ron foi “fracionado” no processo de aparatação e está perdendo sangue; Hermione diz a Harry para pegar Dittany em sua bolsinha de contas e usa isso para começar a cura do rapaz. Hermione explica que Yaxley segurou o braço dela enquanto aparatavam para Grimmauld Place. Ela azarou ele para forçá-lo a larger seu braço, mas como ela o trouxe até Grimmauld Place e ela é Fiel do Segredo desde a morte de Dumbledore, é possível que ele agora saiba como entrar lá. Como a casa já não é mais segura, ela os aparatou até uma floresta onde ela e sua família acamparam uma vez. Harry arma a tenda e Hermione conjura os feitiços protetores. Eles entram na tenda para planejar e se recuperar. Ron pede que não usem o nome de Voldemort; Harry e Hermione concordam. Na manhã seguinte, Harry levanta antes dos outros e enterra o olho de Moody sob uma árvore próxima.


Consequências ImportantesEditar

A consequência mais importante é conseguir recuperar o Medalhão Horcrux. Esse é o terceiro dos seis Horcruxes que conhecemos; já vimos o diário, o anel, e acreditamos que os outros são a taça de Hufflepuff, Nagini, e outro objeto, ainda indeterminado, que pertenceu aos Fundadores. Não sabemos ainda como destruí-los, mas ter o Medalhão certamente é o primeiro passo.

Nossa visão e a de Harry sobre o Ministério, mostra bem o controle que Voldemort tomou sobre o mundo bruxo na Inglaterra. A substituição da Fonte dos Irmãos Mágicos, que havia sido destruída, por uma estátua de uma família bruxa sentada em tronos feitos de Trouxas sofrendo, indica com perfeição que o Ministério abraçou a visão de Voldemort sobre a superioridade dos bruxos. O bruxo que se aproximou de Harry no elevator, falando sobre o chefe do Escritório de Ligação com os Goblins, que foi recentemente denunciado, mostra bem como a atual administração está viciada. A propaganda que Harry vê do lado de fora do escritório da Umbridge também mostra a extensão do que o Ministério está fazendo para espalhar o medo, a incerteza e sem dúvida para manter firme seu poder.

Ao examinar os arquivos da Umbridge, Harry descobre que ele agora é o “Indesejável Número Um” e que há um monitoramento sobre Arthur Weasley, no caso de Harry tentar fazer contato com ele. Isso faz com que Harry evite tentar contactar Arthur.

Também no escritório da Umbridge, Harry vê um exemplar do livro de Rita Skeeter sobre Dumbledore. É uma das fotos deste livro que vai dar uma pista a Harry, para identificar o ladrão dos cabelos lindos, que roubou um objeto ainda desconhecido, de Gregorovitch.

A recuperação do olho mágico de Olho-Tonto Moody e seu subsequente enterro, dão a Harry a necessária finalização da morte de Moody.

Harry, como Albert Runcorn, consegue coordenar a fuga de muitos bruxos e bruxas nascidos Trouxas, que estavam esperando para serem examinados pela Comissão de Registro dos Nascidos Trouxas. Embora não saibamos seu eventual destino, pelo menos eles tiveram uma chance, coisa que não tinham antes.

Para não magoar Ron, Harry e Hermione concordam em não usar o nome de Voldemort. Isso vai permanecer por muitos meses; aparentemente Hermione e Harry se habituam a usar as expressões “Você-Sabe-Quem” e “Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado” ao invés do nome de Voldemort e esse hábito se tornou inconsciente.

O Comensal da Morte Yaxley acidentalmente aparatou na entrada do Número 12 de Grimmauld Place. Hermione acredita ele tendo sido trazido até a casa, agora possa permitir que outros Comensais entrem na casa. A quebra do segredo que cercava Grimmauld Place vai resultar em Harry, Ron e Hermione se mudarem de um lugar para outro através da Inglaterra durante o resto do ano. A perda do conforto que eles tinham em Grimmauld Place cria um sério problema no relacionamento deles; vamos ver que Ron, que foi criado num lar cheio de conforto e carinho a vida toda vai ser o mais afetado pela perda dos confortos a que ele estava acostumado, enquanto que Harry, que viveu com os Dursleys e Hermione que pelo menos, já havia acampado, lidam melhor com a privação de um estilo de vida itinerante.


AnáliseEditar

Para alguma coisa planejada por tanto tempo, é interessante como ela desmorona rápido. Deveria ter ocorrido a algum deles, que os funcionários que eles estavam imitando, teriam trabalhos para fazer, e poderiam muito bem ser arrastados para seus escritórios, seria quase inevitável que eles fossem separados uma vez dentro do Ministério, assim como aconteceu. Eles também não estavam preparados para serem confrontados; Cattermole, por exemplo, é um funcionário da manutenção, no entanto, Ron não está nada preparado para fazer manutenção. Também não ficou claro o que eles queriam fazer; o medalhão do qual eles queriam informação, é um adorno pessoal, com certeza não estaria no escritório da Umbridge, então não teria lógica que Harry o encontrasse ali. A única razão pela qual o plano não afundou imediatamente foi por uma questão de muito boa sorte; Umbridge estava usando o medalhão, e mostrou para Hermione e Harry, e Harry conseguiu estuporá-la a tempo de recuperar o medalhão. Também ajudou muito o disfarce de Harry, Albert Runcorn era evidentemente um alto conselheiro do Ministério.

Essa falha no planejamento parece mostrar a falta de maturidade dos nossos três heróis. Eles preparam o plano, conseguiram o que queriam, mas depois disso, parece que o resto é mais do que eles estão preparados para fazer.


PerguntasEditar

Visão CompletaEditar

SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Harry ainda não reconhece os dois rapazes bruxos na foto do livro de Rita. Eventualmente ele vai descobrir que um deles é Dumbledore e o outro, o ladrão que roubou um objeto de Gregorovitch. Mais tarde Harry descobrirá que o ladrão é Gellert Grindelwald. Ele também vai ficar sabendo que Voldemort está seguindo a mesma lógica pista, procurando o objeto que foi roubado de Gregorovitch.

A perda de Grimmauld Place será um dos poucos erros. Aprendemos anteriormente que, com a morte de Dumbledore todos aqueles que conheciam o segredo de Grimmauld Place se tornavam Fieis do Segredo, capazes de revela-lo caso quisessem. É, com certeza, possível que Yaxley, tendo visto a entrada de Grimmauld Place, possa ser um Fiel do Segredo quanto à localização; no entanto ele não é um Fiel do Segredo propriamente, ele não pode revelar para mais ninguém. Nós sabemos que Snape conhece a localização do quartel general, e portanto, é um Fiel do Segredo, ele poderia revelar tudo aos Comensais; de fato, a presença dos Comensais nas portas de Grimmauld Place, sem conseguir ver ou entrar no casa, é a evidência da verdadeira lealdade de Snape. Se, como Harry e nós acreditamos, Snape fosse totalmente um Comensal da Morte, Yaxley já estaria sabendo sobre Grimmauld Place. Já foi mencionado que Moody colocou alguns encantamentos em Grimmauld Place com a intenção de impedir que Snape a mencionasse para alguém, mas não se sabe se isso realmente ia funcionar.

As privações da vida acampando foram a causa do abandono de Ron. Enquanto ele ficou pensando, ainda que quisesse retornar, ele teria dificuldades porque Harry e Hermione já tinham se mudado. Essa separação forçada vai nos mostrar duas coisas. Primeira, vamos ver imediatamente como são profundos os sentimentos de Hermione por Ron. No novo local de acampamento ela simplesmente sentou numa rocha e ficou chorando, deixando os feitiços protetores por conta de Harry. A segunda coisa, é que os objetos podem ser feitos para reagir à menção do nome de seu dono. Em particular: Ron recebeu o Deluminator no testamento de Dumbledore, e o Deluminator começou a transmitir as conversas de Harry e Hermione para Ron, quando Hermione usava seu nome. O Deluminator também foi capaz de transportar Ron até Harry e Hermione.

A sensibilidade aos nomes é uma grande dica, que logo é confirmada por Ron: Voldemort também encantou seu nome, ou encantou objetos para responderem a ele, portanto qualquer menção do nome Voldemort, resulta na imediata atenção dos Comensais da Morte e dos seus associados os Snatchers.