Guia dos Trouxas para Harry Potter/Livros/As Relíquias da Morte/Capítulo 32


Capítulo 32
A Varinha das Varinhas – The Elder WandEditar

spoilerEditar

Aviso: Seguem detalhes do enredo.

SinopseEditar

O castelo está sob um sério ataque e Harry nem consegue chorar pela morte de Fred. Harry, Ron e Hermione se abaixam no chão para evitar as maldições enquanto Percy protege o corpo de Fred com o seu. Ele se recusa a sair dali quando Ron o puxa, Hermione grita—um dos descendentes de Aragogue está entrando por um burado na parede externa. Harry e Ron lançam simultaneamente uma explosão sobre a aranha gigante mas, tem mais aranhas subindo pelas paredes e Harry lança feitiços estuporantes nelas.

Enquanto maldições explodem no ar, Ron e Hermione correm através do corredor enquanto Harry ajuda Percy a colocar o corpo de Fred num nicho da parede. Depois ele sai atrás de Ron e Hermione enquanto Percy caça Rookwood. Escondido debaixo de uma tapeçaria Ron está histérico para seguir Percy e matar Comensais da Morte. Hermione diz que eles precisam encontrar e matar Nagini.

Hermione pergunta a Harry onde estão Voldemort e Nagini. Harry entra na mente de Voldemort e vê uma sala simples mas familiar. Voldemort está pensando sobre o Diadema e o lugar que só ele conhece. Nagini flutua sobre Voldemort numa esfera protetora. Lucius Malfoy bem acabado está perguntando sobre Draco e Voldemort diz a ele que Draco está morto porque falhou em se juntar a ele e aos outros Slytherins. Malfoy diz a ele para dar um tempo na batalha de modo que possa matar Potter ele próprio, mas Voldemort sabe que ele está apenas tentando proteger Draco. Ele ordena que Malfoy chame Snape, Harry diz aos outros que Voldemort está na Casa dos Gritos. Ele sabe que seus Horcruxes foram encontrados, e ele está esperando que Harry vá até ele.

O Trio se cobre com a Capa da Invisibilidade e ruma para a Casa dos Gritos. Atravessando a batalha eles passam por Draco que está rogando a um Comensal da Morte que ele está do mesmo lado; Harry estupora o Comensal enquanto Ron dá um soco na cara de Draco. Fenrir Greyback aparece para Harry como um borrão de quatro patas cinzento enquanto ele corre, Fenrir está prestes a morder Lavender Brown. A maldição de Hermione o atira contra a escada de onde a Professora Trelawney debruçada na amurada joga bolas de cristal na cabeça dele.

As aranhas forçaram a entrada , conforme os lutadores jogam maldições sobre elas, Hagrid desce as escadas gritando “Não machuquem elas!” À medida que Hagrid desaparece no meio do monte de aranhas, Harry sai de debaixo da Capa e atrás dele. Seu caminho é bloqueado por por uma perna cabeluda imensa pertencente a um gigante. Quando Grawp aparece chamando por Hagrid e o imenso gigante se joga sobre ele e os dois começam a lutar.

O Trio corre pela floresta, mas perto de sua borda, cerca de cem dementadores paira sobre eles. Harry fica tomado pela tristeza e não consegue lançar o Patrono enquanto os Patronos de Ron e Hermione estão piscando. De repente, três outros Patronos chegam correndo através da escuridão, são os de Luna, Ernie e Seamus. Luna encoraja Harry a pensar em algo feliz e depois de grande esforço, o cervo prateado irrompe de sua varinha espantando os dementadores. Harry grita por Ron e Hermione para rumarem até a Casa dos Gritos.

No Salgueiro Lutador, o Trio engatinha rumo à Casa. Lá dentro, Snape está falando com Voldemort, nervoso, está se oferecendo para encontrar o garoto de modo que Voldemort possa matá-lo. Voldemort nega, dizendo que os Comensais da Morte têm ordens de capturar Harry vivo, mas ele acredita que o garoto virá para ele. Voldemort se queixa que as Relíquias da Morte falharam em fazer as magias extraordinárias que ele esperava. Ele diz que Snape foi um servo valioso e sente muito o que deve fazer, acreditando que quando Snape matou Dumbledore, ganhou a lealdade da varinha. Infelizmente Snape precisa morrer para que Voldemort seja o verdadeiro mestre da Elder Wand. Sem nenhum remorso, Voldemort ordena que Nagini mate Snape. Quando Voldemort sai com Nagini, Harry e os outros correm até Snape. Fiapos prata e azuis estão saindo de sua boca, orelhas e olhos. Snape, quase morto diz a Harry, “Pegue... pegue tudo.... pegue...” Um vidrinho de cristal flutua no ar e Harry cata todos os fiapos e põe dentro do vidro. Snape pede para olhar os olhos de Harry enquanto a vida dele se esvai.


AnáliseEditar

Duas mortes significativas ocorreram, Fred Weasley e Severus Snape. Enquanto a morte de Fred foi uma perda trágica, o fim de Snape é um elemento crucial que leva ao clímax do livro. Snape e os leitores também, devem ter esperado que Voldemort eventualmente o matasse, possivelmente não mais considerando que ele fosse um recurso ou achando que era um perigo em potencial. Não se sabe ainda, se Snape servia Voldemort ou Dumbledore, ou a nenhum dos dois. Assim como Dumbledore, Voldemort parecia acreditar que Snape fosse totalmente leal a ele e talvez até ainda útil. Mas, o desejo de Voldemort de ser o mestre da Elder Wand sempre foi mais importante do que tudo, portanto ele sacrifica Snape para ser o mestre.

Sendo herói ou vilão, o ato final de Snape foi dar a Harry o que parecem ser suas lembranças. Essa pode ser a chave para compreender o plano secreto de Dumbledore. O pedido final de Snape, que foi olhar nos olhos de Harry pode também ter um significado importante, uma vez que sabemos que Harry tem os olhos de sua mãe.

Lucius Malfoy, tendo sido punido severamente por Voldemort por haver falhado, mostra medo mortal pela vida de seu filho Draco. Talvez essa tenha sido uma das poucas vezes em que Lucius demonstrou uma emoção real por outra pessoa, e isso mostra que, ao contrário de Voldemort, Lucius é capaz de amar e quer desesperadamente salvar seu único filho. Voldemort, no entanto, não está a mínima preocupado com Draco e já havia posto a vida dele em risco como forma de penalizar Lucius por falhar na captura de Harry, no Ministério da Magia. Embora Lucius permaneça com o Lorde das Trevas é mais por causa do medo pela segurança de sua família, ele pode também estar se preparando para voltar a ganhar um lugar ao lado de Voldemort. Ele certamente vai continuar do lado do mal no caso de Voldemort vencer, e ele sabe perfeitamente que quando você está a serviço do Lorde das Trevas, não há como sair dele vivo; somente agora, tendo sido relegado ao grau mais baixo da organização, ele percebe porque alguém deseja sair dali.

É interessante notar que Hermione está mudando a maneira de ver a conexão entre a mente de Harry e a de Voldemort. No inicio desse livro, ela ficava totalmente preocupada quando Harry via ocasionalmente os pensamentos e ações de Voldemort. Afinal, foi assim que Harry levou mais cinco colegas a uma armadilha no Departamento de Mistérios. Harry sempre resistiu às tentativas de fechar esse canal, sentindo que qualquer informação sobre Voldemort era valiosa. Através das páginas desse livro, Hermione foi gradualmente adotando o mesmo ponto de vista, mas essa foi a primeira vez que ela de fato pediu a Harry para visitar os pensamentos de Voldemort. Isso parece indicar que ela agora confia na habilidade de Harry de controlar o que vê dentro da mente de Voldemort.


PerguntasEditar

RevisãoEditar

  1. Será que Voldemort sabe que o Diadema Horcrux foi destruído? Se não, por que?
  2. Por que Voldemort acredita que Snape é o mestre da Elder Wand? Ele é? Se não, quem será?

Estudos AdicionaisEditar

  1. Por que Hagrid tenta proteger as aranhas gigantes que estão atacando? De que lado elas estão?
  2. Por que Draco não partiu com os outros Slytherins para se juntar a Voldemort? Ele está de que lado verdadeiramente?
  3. Por que Voldemort está tão certo de que Harry virá até ele?
  4. Por que Voldemort matou Snape, um servo valioso, para ganhar a lealdade da Elder Wand ao invés de desarmá-lo? Será que Voldemort sempre teve a intenção de matar Snape?
  5. Por que Voldemort mandou Nagini matar Snape ao invés de fazer ele mesmo com uma Maldição da Morte?
  6. Por que Lucius Malfoy continua a servir Voldemort, embora ele tenha ameaçado a sua vida e de seu filho?
  7. Por que Harry estava tão oprimido pela desesperança para lançar um Patrono sobre os dementadores? Como ele superou isso?
  8. O que eram os fios prateados que Snape deu para Harry? Onde foram vistos antes? Por que ele queria que Harry os pegasse?
  9. Por que Snape queria olhar nos olhos de Harry antes de morrer?


Visão CompletaEditar

SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.


Voldemort aqui caiu no mesmo equívoco sobre a lealdade da Elder Wand que muitos antes dele, caíram. Não é apenas através do assassinato do mestre atual que liberta a varinha para que ela aceite um novo mestre, mas, a remoção forçada de seu dono também ganha sua lealdade. Alguém pode até pensar, como Voldemort errou ao não reconhecer isso, embora soubesse que Gregorovitch ainda estava vivo enquanto Grindelwald comandava a varinha e ele ficou vivo também durante os 60 anos que Dumbledore foi o mestre da Elder Wand. No entanto nós temos visto que Voldemort tende a resolver seus problemas matando pessoas. Não parece que Voldemort goste de matar, se ele gostasse, com certeza ficaria para ver a morte de Snape. O fato dele ir embora antes de Snape morrer indica que ele vê a ação de matar Snape simplesmente como a solução para o problema da Elder Wand e uma vez que a solução foi aplicada ele não tem mais nenhum interesse.

No próximo capítulo vamos descobrir porque Snape, que sabe que está morrendo, pediu para olhar nos olhos de Harry. Ele já havia dado a Harry suas lembranças como Dumbledore pedira. Elas explicam tudo para Harry, assim como dão a Snape plena justificativa para seus atos. Essas lembranças vão mostrar que Lily Potter foi a única mulher que Snape amou na vida e que foi, por ela, que ele se permitiu fazer tudo o que pudesse por Harry, embora possa ter parecido um nada na época.