Guia dos Trouxas para Harry Potter/Personagens/Gregory Goyle

Gregory Goyle
  • sexo = Masculino
  • cabelos = negro, espetado, baixo na testa
  • olhos = desconhecido; parados, profundos
  • família = Goyle, Sr. (um Comensal da Morte)
  • lealdade = Draco Malfoy

Visão GeralEditar

Gregory Goyle é um dos amiguinhos de Draco Malfoy.

Papel nos LivrosEditar

Aviso aos Iniciantes: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura. Através de toda a série, Gregory Goyle tem muito pouca atividade. A primeira vez que o vimos, é no papel de segundo amiguinho de Draco Malfoy, e com pouquíssimas exceções, ele parece não ter atividade alguma separado de Draco durante seis anos, dos sete anos em que a série transcorre.

A Pedra FilosofalEditar

Quando Draco Malfoy se apresenta a Harry no Expresso de Hogwarts, Goyle e Crabbe estão junto. Harry recusa a oferta de amizade de Draco, então Draco “sugere” que Harry e Ron dividam suas gulodices, que Harry comprou do carrinho de comida. Goyle avança em algumas e é atacado por Perebas, o rato de Ron. Draco recua meio confuso acompanhado de Crabbe e Goyle.

É mencionado que, quando chegam as notas finais, Harry esperava que Goyle “que era tão estúpido quanto parecia.” não passasse de ano, mas ele passou raspando.

A Câmara SecretaEditar

Quando Harry precisa de uma distração na aula de Poções para Hermione poder roubar ingredientes de poção do escritório do Professor Snape, ele escolhe jogar uma bombinha dentro do caldeirão de Goyle.

Draco, Crabbe e Goyle ficam em Hogwarts durante o Natal. Harry, Ron e Hermione, tentando descobrir se Draco sabe quem é o herdeiro de Slytherin, usam a Poção Polissuco para se disfarçar de Slytherins. Harry se torna a cópia de Goyle enquanto Ron copia Crabbe. Embora eles enganem Draco e descubram algumas coisas a seu respeito, na verdade, ele também não sabe quem é o Herdeiro.

O Prisioneiro de AzkabanEditar

Draco, Crabbe e Goyle visitam Harry em seu compartimento no Expresso de Hogwarts, mas não podem fazer nada contra Harry por causa da presença do Professor Lupin.

Numa tentativa de assustar Harry durante um jogo de Quadribol entre a Gryffindor e a Ravenclaw, Draco, Crabbe, Goyle e Marcus Flint se vestem de Dementadores, mas sua brincadeira dá errado quando Harry envia um Patrono sobre eles.

Mais tarde, Harry visita Hogsmeade através da passagem secreta com a Capa da Invisibilidade; uma vez lá, junto com Ron eles dois atacam Draco, Crabbe e Goyle, que estavam implicando com Ron pensando que ele estava sozinho. Harry escondido sob a Capa começa a atacá-los, mas no processo fica parcialmente visível. Harry tem que correr de volta para a escola para convencer o Professor Snape que ele não havia saído da escola.

É dito que durante os treinos para o jogo final de Quadribol, entre Gryffindor e Slytherin, Crabbe e Goyle aparecem ao lado de Harry repetidamente, mas acabam desapontados porque Harry está bem preparado contra qualquer das brincadeiras sem graça deles.

O Cálice de FogoEditar

Quando Harry e Draco terminam com as varinhas em riste, do lado de fora da aula de Poções, seus feitiços colidem e ricocheteiam. Hermione é atingida por Densaugeo, um feitiço que faz com seus dentes de cima da frente, cresçam até seu queixo, enquanto Goyle é atingido pelo feitiço Furnunculus de Harry, e termina cheio de furúnculos.

A Ordem da FênixEditar

No Expresso de Hogwarts, Ron com seu novo poder de Monitor, diz que vai fazer com que Goyle escreva muitas linhas com a frase: “Eu não devo parecer um traseiro de babuíno.” Hermione diz que isso é abuso de poder, Ron diz que só está atacando os amiguinhos de Draco, antes que Draco o ataque.

A tentativa de Goyle de fazer a Poção da Paz, na primeira aula de Poções foi terrível; Hermione conta que quando ela tentou colocar uma amostra no frasco para classificar, a poção explodiu e deixou suas vestes pegando fogo.

Quando a Professora Umbridge está examinando a matéria de Trato das Criaturas Mágicas, ensinada pela Professora Grubbly-Plank, ela diz a Goyle que compreende que tenham ocorridos acidentes naquela aula, Goyle não responde; ao invés, Malfoy diz que foi atacado por um Hipogrifo.

Quando os dois batedores da Slytherin Derrick e Bole, saíram, Montague, o capitão tinha que encontrar novos jogadores. Os dois que ele achou foram Crabbe e Goyle.

O Enigma do PríncipeEditar

Crabbe e Goyle, sob a influência da Poção Polissuco para parecerem meninas, juntos ou separados tomam conta da entrada da Sala Precisa enquanto Draco está trabalhando lá. Ambos odeiam aquilo e perguntam a Draco de que estão tomando conta, mas Draco não responde.

As Relíquias da MorteEditar

Enquanto Neville leva Harry, Ron e Hermione para dentro da escola através do Cabeça de Javali, ele menciona que, como parte do aprendizado de DCAT, os alunos são ensinados a usar a maldição Crucio nos alunos que ficam de castigo. Neville ficou ferido ao se recusar, mas Crabbe e Goyle pareciam estar gostando, talvez porque fosse a primeira aula em que eles se dessem bem.

Quando Draco, Crabbe e Goyle encurralam Harry na Sala Precisa, parece que Crabbe e Goyle é que mais falam, Goyle explica que eles podem fazer Dessilusionamento e, que estavam esperando por Harry. Quando Crabbe lança o fogo demoníaco (Fiendfyre), Harry, Ron e Hermione escapam voando nas vassouras; Harry faz meia volta para salvar Draco e Goyle mas não consegue encontrar Crabbe.

Pontos FortesEditar

O único ponto verdadeiramente forte em Goyle, parece ser a força física, além de ter pouca esperteza para conseguir fazer amizade com uma pessoa em particular e permanecer leal a ele. Ele decidiu, no seu jeito lerdo, que Draco é o lado ganhador, e escolheu ficar ao lado dele. Essa amizade se torna forte, mesmo quando Draco manda que eles se passem por meninas pequenas e fiquem guardando a porta da Sala Precisa.

Pontos FracosEditar

Goyle é basicamente incapaz de um pensamento independente; tendo se aliado a Draco, ele recebe instruções e age apenas como Draco manda.

Relacionamentos com Outros PersonagensEditar

Ele é grande amigo de Draco e de Crabbe. Na medida em que é capaz, ele odeia Harry, Ron e Hermione, e, quando comandado por Draco, ele se dedica a tentar destruir Harry.

AnáliseEditar

Goyle, assim como Crabbe, está presente na série apenas para preencher o papel de amiguinho do chefe. O usual “grupo de meninos maus” em muitos trabalhos de ficção consiste em um componente que é o “cérebro”, aquele cara esperto ou um cara duro com um esperto por trás, e um componente de força, ou diversos capangas fortões que só existem para acatar as ordens do cara esperto. Desse modo, o cara esperto não corre o risco de ser descoberto ou sofrer qualquer violência ao fazer um trabalhinho sujo.

Crabbe e Goyle são básicamente os caras fortes, enquanto Draco em geral é o cérebro. Ao contrário de Crabbe que reclama (de se disfarçar em menina) das ordens de Draco, Goyle não tem ambições, embora pareça concordar com Crabbe nessa discussão.

PerguntasEditar

SpoilerEditar

Aviso aos leitores de nível intermediário: Seguem detalhes que vocês podem não querer ler em seu nível atual de leitura.

Visão CompletaEditar